BESSA GRILL
Início » Esportes » Brasil derrota a Sérvia e fica a uma vitória do nono título do Grand Prix

Brasil derrota a Sérvia e fica a uma vitória do nono título do Grand Prix

Equipe disputará jogo decisivo neste domingo, contra a seleção chinesa

31/08/2013 11:23

vol_selecaobrasileira_div_fivb_625A seleção brasileira feminina de vôlei deu um grande passo para a conquista do nono título do Grand Prix. Neste sábado, o Brasil venceu a Sérvia por 3 sets a 0 (27/25, 25/21 e 25/22), em 1h27 de jogo, no Hokkaido Prefectural Sports Center, em Sapporo, no Japão. Com o resultado, as atuais campeãs olímpicas garantiram, pelo menos, a medalha de prata. O time verde e amarelo lidera a fase final com 12 pontos e quatro vitórias.
O Brasil decidirá o título do Grand Prix neste domingo, às 3h30, contra a China. A TV Globo, o SporTV e o Esporte Interativo transmitirão ao vivo.
Na partida deste sábado brilhou a estrela da oposto Sheilla. A bicampeã olímpica foi a maior pontuadora do confronto com 19 acertos (15 de ataque e quatro de bloqueio) e ficou com o prêmio de melhor em quadra. As ponteiras Gabi, com 14, e Fernanda Garay, com 13, também pontuaram bem para o time verde e amarelo.

Sheilla comentou a decisão do técnico da Sérvia, Terzic Zoran, de mexer no time titular e utilizar jogadoras que não vinham começando os jogos das europeias.
– Não esperávamos que a Sérvia jogasse com esse time, mas mesmo com a equipe reserva, as sérvias jogaram muito bem. O nível continuou alto. Nosso time está de parabéns. Conseguimos vencer mais um confronto por 3 sets a 0, o que é muito importante para a classificação final. O jogo com a China amanhã será a final do campeonato – disse Sheilla, que pode conquistar neste domingo o seu quinto título do Grand Prix.
Para a levantadora Dani Lins, as brasileiras mantiveram a concentração ao longo de toda a partida contra a Sérvia.
– Demoramos um pouco a nos adaptar à equipe delas porque estudamos um outro time. No entanto, conseguimos nos concentrar e fizemos uma boa partida. Foi um jogo diferente, com bolas muito altas. Sabíamos que essa seria nossa primeira final e amanhã teremos uma outra com a China – afirmou Dani Lins.