BESSA GRILL
Início » Notícias » Bolsonaro fica internado após cirurgia

Bolsonaro fica internado após cirurgia

29/01/2019 13:17

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (29) após passar por cirurgia para retirada de bolsa de colostomia nesta segunda-feira (28). Segundo informações da equipe médica, Bolsonaro apresenta “boa evolução clínica”.

Às 10h02, o hospital divulgou oficialmente um boletim médico. De acordo com a equipe, ele está recebendo analgésicos para controle de dor e não apresentou sangramentos ou outras complicações após o procedimento.

Ainda segundo os médicos, ele não tem febre, sinais de infecção ou disfunções orgânicas. O presidente segue em jejum e com medidas de prevenção de trombose venosa. Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas e somente a pessoas autorizadas pela família. Há expectativa de que ele já possa receber visitas nesta quarta-feira (30).

Boletim médico de Jair Bolsonaro desta terça-feira (29), que informa que ele 'não apresentou qualquer complicação' um dia após cirurgia — Foto: Reprodução/Hospital Albert Einstein

Foto: Reprodução/Hospital Albert Einstein

Nesta manhã, o presidente usou sua conta no Twitter para dizer que está bem. “Agradeço a Deus por estar vivo, aos profissionais que cuidaram de mim até aqui e a todos vocês pelas orações! Estou bem”, postou.

“Foram tempos difíceis, consequência de uma tentativa de assassinato que visava destruir não só a mim, mas a esperança de muitos brasileiros num futuro melhor”, dizia o post.

Realizada na segunda-feira (28), a cirurgia de Bolsonaro durou sete horas. O procedimento ocorreu “com êxito”, “sem intercorrências” e “sem necessidade de transfusão de sangue”, segundo informaram o Palácio do Planalto e o Hospital Albert Einstein.

Foi realizada uma “anastomose do íleo com o cólon transverso”, que é a união do intestino delgado com uma parte do intestino grosso. Foram retirados de 20 a 30 centímetros do intestino grosso de Bolsonaro na parte que ligava o intestino delgado à bolsa de colostomia.

Um dos filhos do presidente, Carlos Bolsonaro acompanhou o procedimento. A recuperação deve demorar dez dias, nos quais ele permanecerá internado.

Quadro de Bolsonaro é estável após 7 horas de cirurgia, diz boletim médico — Foto: Reprodução/JN

Foto: Reprodução JN

www.reporteriedoferreira.com.br/g1