BESSA GRILL
Início » Notícias » Após 22 dias, morre homem baleado em briga de trânsito envolvendo militares na Capital.

Após 22 dias, morre homem baleado em briga de trânsito envolvendo militares na Capital.

A vítima nada tinha a ver com a discussão que causou sua morte

17/12/2014 19:48

Após 22 dias internado, Carlos Antero Fidelis, de 50 anos, não resistiu e morreu no começo da tarde desta quarta-feira (17), no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena. Ele foi baleado em uma discussão de trânsito entre um bombeiro militar e um policial militar, na qual não tinha nenhuma relação.

O incidente ocorreu no dia 22 de novembro, quando o bombeiro militar Fernando José do Nascimento discutiu verbalmente com um policial militar após uma batida de trânsito, no Centro de João Pessoa. Fernando sacou uma arma de fogo e disparou. Um tiro atingiu o abdome de Carlos Antero, que veio a falecer após 22 dias.

morre no Trauma o Carlão, sofreu tiro de militar  em discussão

 

 

 

 

 

 

 

 

Fernando está preso desde o dia 28 de novembro. Ele confessou ter disparado no carro do PM, mas negou ter tido a intenção de atingir alguém. Ele está em uma cela especial, no comando do Corpo de Bombeiros, na BR-230, no Bairro das Indústrias.

Confira o registro audiovisual de parte da discussão:

www.reporteriedoferreira.com Wscom