BESSA GRILL
Início » Notícias » Ação dos bandidos foi informada a polícia por um vizinho da residência invadida

Ação dos bandidos foi informada a polícia por um vizinho da residência invadida

Polícia continua em diligências visando prender outros envolvidos

23/08/2013 08:25

plantão

Quatro homens foram presos em flagrante no final da noite dessa quinta-feira, 22. Eles são acusados de invadirem uma residência no bairro do Altiplano, em João Pessoa e manter a família refém.

A ação dos bandidos foi percebida por um vizinho da casa invadida e comunicou o fato a polícia. Várias guarnições da Polícia Militar estiveram no local e ao perceberem a chegada dos policiais os bandidos ainda conseguiram fugir, sendo que no veículo do dono da casa, um Renault Logan, de cor preta, no sentido da PB 008, os bandidos tentaram fugir, mas foram perseguidos e presos.

De acordo com informações, outros dois assaltantes conseguiram se esconder numa granja próximo ao local do fato, mas já estão cercados. Todos foram levados para a Delegacia de Manaira e autuados pelo delegado Antônio Gonzaga.

Mais informações em instantes.

Mãe fica frente a frente com assassino do filho: “pena de morte pra ele é pouco”

A polícia da cidade de Pau dos Ferros, no Rio Grande do Norte, prendeu na manhã desta quarta-feira (21) o jovem Francisco Girlan Alves, mais conhecido como “Girlan”, 22 anos, que é acusado de ter assassinado com vários tiros no  o Carlos Alberto Segundo, que tinha 23 anos, que era filho do ex-jogador do Sousa Esporte Clube, Roberto Michelle, no dia primeiro de fevereiro deste ano. O crime aconteceu no centro da cidade de Sousa.

Após a prisão, Girlan foi transferido para a cidade de Sousa. Na delegacia, o acusado confessou que cometeu o crime porque o irmão da vítima teria furtado seu boné. “Matei e matava de novo”, confessou.

A mãe da vítima, Flênia Pereira, que mora em João Pessoa, viajou 434km até a cidade de Sousa e ficou frente a frente com o assassino do próprio filho: “A justiça deve ser feita. Pena de morte seria pouco para este criminoso. Eu parei minha vida após a morte de meu filho, eu quero justiça, justiça de verdade”, disse emocionada.