BESSA GRILL
Início » Internacionais » Tradição nos EUA, marmota ‘vê’ a sombra e indica inverno mais longo

Tradição nos EUA, marmota ‘vê’ a sombra e indica inverno mais longo

6/02/2015 06:06
A marmota Phil, de Punxsutawney, é mostrada durante a cerimônia do dia da marmota, que acontece em 2 de fevereiro nos Estados Unidos (Foto: Alan Freed/Reuters)

A marmota Phil, de Punxsutawney, é mostrada durante a cerimônia do dia da marmota, que acontece em 2 de fevereiro nos Estados Unidos (Foto: Alan Freed/Reuters)

 

Os Estados Unidos devem ter um inverno mais longo este ano, de acordo com o prognóstico dado pela marmota Phil nesta segunda-feira (2).

O dia da marmota, celebrado no segundo dia de fevereiro, é um rito que acontece desde 1887. Nele, os americanos analisam se Phil, a marmota de Punxsutawney (Pensilvânia), vai enxergar a sua própria sombra.

Se o animal a vir, indica que o frio vai persistir por seis semanas a mais, mesmo com a chegada da primavera. Se a marmota não visualizar a sombra, a primavera chegará antes. A cerimônia, conhecida como “Groundhog Day”, foi o tema central do filme “O feitiço do tempo”.

“Os prognósticos abundam na internet, mas Punxsutawney Phil segue sendo a melhor aposta”, declarou o presidente do Inner Circle de Punxsutawney, Bill Deeley, dando crédito ao animal.

Marmota “extra-oficial”

A marmota Chuck, de Nova York, "disse" que o inverno será mais curto (Foto: Andrew Burton/ Getty Images North America/AFP)

A marmota Chuck, de Nova York, “disse” que o inverno será mais curto (Foto: Andrew Burton/ Getty Images North America/AFP)

A declaração é devido ao ritual realizado em Nova York, com a marmota Chuck, de Staten Island. Na ação, o animal não viu sua sombra, o que indica uma chegada mais rápida primavera.

“Chuck diz que a primavera chegará cedo! Quero agradecer a Chuck por esta boa notícia. Finalmente nos entendemos”, declarou o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, durante a cerimônia no zoológico de Staten Island.

Este ano, De Blasio não pegou nos braços a marmota para evitar repetir o acidente de 2014, quando o animal caiu no chão e morreu semanas depois.

Uma terceira marmota, Chuckles, de Manchester (Connecticut, noroeste), também viu sua sombra, coincidindo com o prognóstico de Punxsutawney Phil.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio (à esquerda), observa a marmota Chuck durante cerimônia (Foto: Andrew Burton/ Getty Images North America/AFP)

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio (à esquerda), observa a marmota Chuck durante cerimônia (Foto: Andrew Burton/ Getty Images North America/AFP)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

www.reporteriedoferreira.com Fonte G1