BESSA GRILL
Início » Internacionais » Terremoto mata mais de mil pessoas no Nepal

Terremoto mata mais de mil pessoas no Nepal

29/04/2015 00:36

 

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal
AP

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal

Um terremoto deixou ao menos 1.130 mortos e muitos danos materiais no Nepal, incluindo o desabamento da histórica torre Dharahara de Katmandu. O epicentro do terremoto, com magnitude de 7,9 (inicialmente avaliada em 7,5) e profundidade de 15 km, se situou 77 km a noroeste de Katmandu.

O impacto do terremoto, que durou entre 30 segundos e dois minutos, foi tanto que o tremor foi sentido pode ser sentido também em outros países, como Índia, Paquistão e Bangladesh. Dada a escala da destruição, o número de mortos deve subir.

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP

Diversas construções desabaram em Katmandu, que foi a zona mais atingida, com cerca de 450 mortos. Somente embaixo dos escombros da torre de Dharahara, patrimônio da Unesco com 62 metros de altura, foram localizados 180 corpos.

O terremoto também provocou uma avalanche no Monte Everest, que teria deixado ao menos oito vítimas, segundo o Ministério do Turismo nepalês. Outras 30 pessoas ficaram feridas. Porém, nas redes sociais, alpinistas afirmam que 18 estrangeiros teriam morrido.

A imprensa nepalesa disse que vários sítios arqueológicos, como a famosa Praça Darbar, com templos e um palácio real, foram danificados pelo sismo. O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, conversou com o presidente do Nepal, Ram Baran Yadav, para oferecer ajuda.

No Twitter, Modi também informou que “várias regiões da Índia também foram atingidas pelo tremor de terra” e que “as autoridades estão recolhendo informações para fazer um primeiro balanço dos danos e das vítimas”.

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP

Até o momento, a Índia fala em 20 mortos no país. O terremoto teria feito mais duas vítimas e 100 feridos em Bangladesh, e 13 vítimas no Tibete.

Faltavam poucos minutos para o meio-dia quando o terremoto, com magnitude preliminar de 7,9 começou a roncar em todo o vale de Kathmandu, área densamente povoada, e logo se espalhou para toda a região.

Uma hora mais tarde, a magnitude estava em 6,6 e tremores secundários menores continuaram a sacudir a região durante horas. Moradores correram para fora de casas em pânico. Paredes caíram, torres desabaram e surgiram imensas nuvens de poeira.

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP

Em poucas horas, os hospitais começaram a se encher de pessoas feridas. Entre eles estava Pushpa Das, um operário que saiu correndo da casa quando sentiu o primeiro tremor, mas não conseguiu escapar de um muro que desabou sobre o seu braço.

“Foi muito assustador. A terra estava se movendo. Eu estou esperando por tratamento, mas o o pessoal está sobrecarregado”, disse ele, cautelosamente, segurando seu braço direito com a mão esquerda. Enquanto falava, mais dezenas de pessoas apareceram com ferimentos.

O terremoto – com a mesma magnitude como o que atingiu San Francisco em 1906 – foi de cerca de 16 vezes mais poderoso do que o terremoto de 7,0 que devastou o Haiti em 2010. O Nepal sofreu seu pior terremoto em 1934, que mediu 8 e quase destruiu as cidades de Kathmandu, Patan e Bhaktapur.

* Com Ansa e AP

Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
Terremoto de 7,9 de magnitude deixa centenas de mortos no Nepal. Foto: AP
www.reporteriedoferreira.com Por Ig