BESSA GRILL
Início » Internacionais » Paquistão reavalia relação com EUA após assassinato de líder do Talibã

Paquistão reavalia relação com EUA após assassinato de líder do Talibã

6/11/2013 11:02

O Paquistão vai reavaliar a relação com osEstados Unidos numa reunião neste domingo (3), disse o gabinete do primeiro-ministro, dois dias depois da morte do líder do Talibã paquistanês num ataque de um veículo aéreo não tripulado norte-americano.

Hakimullah Mehsud foi morto na sexta-feira no noroeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão.

Os Estados Unidos haviam estipulado uma recompensa de US$ 5 milhões por ele.

O Talibã paquistanês já matou milhares de civis e agentes de segurança do país. Eles buscam impor a lei islâmica na região, mas o novo governo tem chamado por negociações de paz.

O governo denunciou a morte de Meshud como uma tentativa dos Estados Unidos de prejudicar as negociações e convocou o embaixador dos Estados Unidos no sábado para reclamar.

“O assassinato é o a morte de todos os nossos esforços de paz”, afirmou o ministro do Interior, Chaudhry Nisar, acrescentando que o governo ainda quer buscar o diálogo.

Alguns políticos exigem que as rotas de fornecimento militar dos Estados Unidos para o Afeganistão sejam bloqueadas em resposta ao ataque.

Hakimullah Mehsud (centro) em foto de outubro de 2009 (Foto: Reuters)
Hakimullah Mehsud (centro) em foto de outubro de 2009 (Foto: Reuters)

  • g1