BESSA GRILL
Início » Internacionais » ONU investiga na segunda local de ataque com armas químicas na Síria

ONU investiga na segunda local de ataque com armas químicas na Síria

Síria decidiu permitir acesso dos inspetores da ONU ao local. Oposição acusa governo de matar mais de mil civis com gás venenoso.

26/08/2013 01:49

Os especialistas da ONU começarão a investigar nesta segunda-feira (26) se foram usadas armas químicas em um ataque na última quarta-feira nos subúrbios de Damasco, depois da autorização do regime sírio, anunciou a instituição.

Syrian Foreign MinisterMinistro de Relações Exteriores da Síria, Walid al-Muallem, se encontrou neste domingo com a epresentante da ONU para o desarmamento, Angela Kane, em Damasco (Foto: SANA/Reuters)Ministro de Relações Exteriores da Síria, Walid al-Muallem, se encontrou neste domingo com a representante da ONU para o desarmamento, Angela Kane, em Damasco (Foto: SANA/Reuters)

“A missão se prepara para realizar investigações no lugar a partir de 26 de agosto”, informou o organismo em um comunicado.

Neste domingo (25), o Ministério de Relações Exteriores da Síria anunciou que irá permitir que os inspetores da ONU tenham acesso ao local do suposto ataque com armas químicas em subúrbios de Damasco, que deixou centenas de mortos na última quarta-feira.

A oposição síria acusou as forças do governo de matar mais de mil civis com gás venenoso em subúrbios de Damasco na quarta-feira, uma denúncia rechaçada pelo governo do presidente sírio, Bashar al-Assad.

As potências mundiais vinham pressionando para que o presidente sírio permitisse que inspetores de armas químicas da ONU, que já estão em Damasco, examinassem os locais que teriam sido atacados com gás nervoso.

G1