BESSA GRILL
Início » Internacionais » ONU denuncia dezenas de mortes de civis por tropas sírias em Aleppo

ONU denuncia dezenas de mortes de civis por tropas sírias em Aleppo

13/12/2016 11:39
 

Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos diz que 82 civis morreram nos ataques

Créditos: Omar Sanadiki/ Reuters

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou nesta terça-feira (13) que as forças sírias pró-governo mataram ao menos 82 civis, entre eles mulheres e crianças, no leste de Aleppo, cidade no norte do país, onde estão entrincheirados grupos da oposição.

A CNN afirmou que as tropas entraram nas casas para cometer os assassinatos, segundo relato do porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, Rupert Colville.

Entre as vítimas estão 11 mulheres e 13 crianças. O porta-voz disse à imprensa que essas vítimas morreram provavelmente nas últimas 48 horas em quatro bairro da zona leste, segundo a France Presse.

Colville disse ter recebido “relatos profundamente perturbadores” de que corpos estavam nas ruas da cidade e que os moradores não conseguiam recuperá-los em meio ao intenso bombardeio, segundo a CNN. As mortes aconteceram nos bairros de Bustan al-Qasr, Al-Ferdous, al-Kallaseh e al-Saleheen. A rede americana disse não ter conseguido verificar a informação.

O regime de Damasco está prestes a retomar a cidade, considerada estratégica, das mãos dos rebeldes. O governo já controla Aleppo ocidental e suas tropas tomaram três quartos das cidade desde que entraram no enclave, por terra, em 27 de novembro, com o apoio de ataques aéreos contínuos.

www.reporteriedoferreira.com Por G1