BESSA GRILL
Início » Internacionais » Netanyahu avisa que ofensiva de Israel pode durar além de setembro

Netanyahu avisa que ofensiva de Israel pode durar além de setembro

Primeiro-ministro israelense pediu que população esteja preparada. Bombardeio de caças de Israel matou dois palestinos na Faixa de Gaza.

24/08/2014 09:16

Ao lado do ministro da Defesa, Moshe Yaalon, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que ofensiva em Gaza pode durar além de setembro. (Foto: Gali Tibbon/France Presse)
Ao lado do ministro da Defesa, Moshe Yaalon, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que ofensiva em Gaza pode durar além de setembro. (Foto: Gali Tibbon/France Presse)

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, deixou entrever neste domingo (24) que a atual ofensiva militar contra a Faixa de Gaza se prolongará ainda vários dias, já que Israel não conseguiu ainda seus objetivos.

Em declaração no início da reunião dominical do gabinete, o chefe do governo advertiu à população que esteja preparada para a possibilidade de os ataques continuarem além do início do ano escolar, previsto em Israel para a primeira semana de setembro.

Caças
O conflito com os palestinos prosseguiu. Aviões de combate israelenses mataram neste domingo (24) dois palestinos que viajavam em uma motocicleta pelo centro da Faixa de Gaza. O ataque também deixou pelo menos dez pessoas feridas, segundo Ashraf al Qedra, porta-voz do Ministério da Saúde

Os dois homens, de 20 anos, circulavam perto das conhecidas “Torres Fayruz”, no norte de Gaza, quando um projétil caiu sobre o veículo.

Com as mortes, chega a 2.105 o número oficial de vítimas palestinas nos 48 dias de bombardeios de Israel sobre a região. A maioria são civis e uma quarta parte dos mortos são crianças.

O conflito também matou 64 soldados israelenses em combates com milícias palestinas, e dois civis israelenses — um deles um menor –, um beduíno e um trabalhador asiático, estes últimos atingidos por projéteis disparados a partir de Gaza.

G1

tópicos: