BESSA GRILL
Início » Internacionais » Mais de 80 mortos nos bombardeios russos contra a Al-Qaeda na Síria

Mais de 80 mortos nos bombardeios russos contra a Al-Qaeda na Síria

3/02/2016 00:47
Moradores procuram por sobreviventes em local atingido por um bombardeio russo em área controlada por rebeldes na cidade de Idlib, na Síria (Foto: Khalil Ashawi/Reuters)Moradores procuram por sobreviventes em local atingido por um bombardeio russo em área controlada por rebeldes na cidade de Idlib, na Síria, no sábado (9) (Foto: Khalil Ashawi/Reuters)

Ao menos 81 pessoas, incluindo 23 integrantes da Al-Qaeda, morreram em bombardeios russos contra um complexo do grupo islamita situado no noroeste da Síria, anunciou uma ONG, em um balanço revisado.

Os ataques de sábado (9) tinham como alvo um complexo da Frente Al-Nosra, o braço da Al-Qaeda na Síria, na cidade de Maarat Al-Numan na província de Idleb, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O complexo, situado em uma área próxima a um mercado muito movimentado, inclui uma prisão e um tribunal religioso da Al-Qaeda.

Entre os mortos estão 23 militantes da Al-Nosra e seis rebeldes não islamistas que estavam no edifício. Também morreram 52 pessoas, incluindo civis e prisioneiros.

Ao menos uma criança e duas mulheres estavam entre os civis mortos, segundo o OSDH.

Desde setembro do ano passado, a Rússia bombardeia alvos do Estado Islâmico e de “outros grupos terroristas” na Síria.

Homem carrega criança em local atingido por bombardeios na província de Idlib, na Síria, que ativistas dizem terem sido feitos por forças russas (Foto: REUTERS/Khalil Ashawi)Homem carrega criança em local atingido por bombardeios na província de Idlib, na Síria, que ativistas dizem terem sido feitos por forças russas, no sábado (9) (Foto: Khalil Ashawi/Reuters)
www.reporteriedoferreira.com G1