BESSA GRILL
Início » Internacionais » Incêndio próximo ao parque Yosemite, na Califórnia, quase dobra de tamanho em três dias

Incêndio próximo ao parque Yosemite, na Califórnia, quase dobra de tamanho em três dias

21/07/2018 16:41
 

 

 
Imagem divulgada neste sábado (21) pelos bombeiros de Fresno mostra incêndio Furguson em zona perto do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia (Foto: Reprodução/Yosemite/ Fresno Fire PIO)

Imagem divulgada neste sábado (21) pelos bombeiros de Fresno mostra incêndio Furguson em zona perto do Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia (Foto: Reprodução/Yosemite/ Fresno Fire PIO)

 

Um incêndio próximo ao Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia (Estados Unidos), quase dobrou de tamanho em três dias e, até agora, somente 7% das chamas foram contidas, informaram as autoridades locais.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) indicou em um comunicado que o incêndio, batizado de “Ferguson”, ocupa uma área de 92,6 km². O total é quase o dobro dos 50 km² divulgados anteriormente.

Mais de 2.700 bombeiros combatem este incêndio, que começou há uma semana na floresta de Sierra Nevada. De acordo com bombeiros da região, o oficial Braden Varney, de 36 anos, morreu no último sábado (14) ao tentar combater as chamas. Não há previsão de quando poderá ser contido em sua totalidade.

 
Incêndio Ferguson atinge parque Yosemite, na Califórnia (Foto: Carrie Anderson via AP)

Incêndio Ferguson atinge parque Yosemite, na Califórnia (Foto: Carrie Anderson via AP)

O incêndio forçou o fechamento de uma autopista e de um dos acessos ao parque Yosemite. As autoridades recomendaram aos turistas que adiem suas visitas a este importante ponto turístico da Califórnia.

De acordo com os dados oficiais do Serviço Nacional de Parques (NPS, na sigla em inglês), Yosemite recebeu 4,3 milhões de pessoas no ano passado.

Fogo atingiu região a oeste do parque Yosemite, na Califórnia (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Fogo atingiu região a oeste do parque Yosemite, na Califórnia (Foto: Alexandre Mauro/G1)

Foram ordenadas evacuações em vários acampamentos e em outras áreas. O Calfire pediu que as pessoas estejam preparadas para fugir, diante das altas temperaturas previstas para os próximos dias.

O fogo começou na noite de 13 de julho a partir da madeira de árvores mortas, folhas e pasto ressecados pelo calor. Segundo a agência France Presse, 27 milhões de árovores do local morreram no ano passado e 62 milhões no anterior, após anos de seca.

Além da Califórnia, os estados de Alasca, Colorado e Idaho também registraram incêndios.

 
Helicóptero tenta combater as chamas em incêndio no parque Yosemite, na Califórnia (Estados Unidos) (Foto: Andrew Kuhn /The Merced Sun-Star via AP)

Helicóptero tenta combater as chamas em incêndio no parque Yosemite, na Califórnia (Estados Unidos) (Foto: Andrew Kuhn /The Merced Sun-Star via AP)

Incêndios recorrentes

O tempo seco e quente na Califórnia facilita o alastramento de incêndios florestais. Mesmo no outono, quando a temperatura na região cai, fogos podem destruir hectares de mata.

Em outubro do ano passado, ao menos 31 pessoas morreram em incêndios na Califórnia. De acordo com autoridades do estado norte-americano, foi o pior número de mortos em 84 anos.

Neste ano, mais fogo. Um incêndio de grandes proporções atingiu o norte da Califórnia, em junho. Segundo a Associated Press, ao menos 3 mil tiveram de deixar suas casas ao redor do vilarejo Spring Valley. Outros focos ainda destruiram centenas de hectares no último mês.

Por G1