BESSA GRILL
Início » Internacionais » Incêndio atinge clínica psiquiátrica na Rússia e mata 38 pessoas

Incêndio atinge clínica psiquiátrica na Rússia e mata 38 pessoas

Entre os mortos estão dois médicos. Especialistas investigam a possibilidade de curto-circuito começar fogo.

26/04/2013 07:17

Um incêndio atingiu um hospital psiquiátrico nos arredores de Moscou, na Rússia, na noite desta quinta-feira (25), horário de Brasília, matando mais de 30 pessoas, informam as agências internacionais de notícias.

Bombeiros trabalham em prédio de hospital psiquiátrico que pegou fogo em Moscou. (Foto: Pavel Sergeyev / AP Photo)Bombeiros trabalham em prédio de hospital psiquiátrico que pegou fogo em Moscou. (Foto: Pavel Sergeyev / AP Photo)

De acordo com as agências Reuters e Associated Press (AP) e também o portal da “CNN”, 38 pessoas morreram. A agência estatal russa “Ria Movosti” também contabilizou 38 mortos, com base em apuração feita junto ao Ministério da Sáude. “De acordo com as informações preliminares, 38 pessoas morreram, entre elas dois médicos”, disse Oleg Salagai, porta-voz do Ministério da Sáude.

A maior parte das vítimas é composta por pacientes do hospital.

As autoridades locais informaram ainda que 41 pessoas estavam no prédio no momento do fogo, e que três delas conseguiram escapar das chamas.

Ainda não há informações sobre as causas do incêndio, que teria iniciado no setor onde estavam internados os pacientes com as doenças mais graves. Especialistas investigam a possibilidade de o fogo ter começado após um curto-circuito.

Equipes de resgate trabalham no local do incêndio, mas a fumaça densa prejudica o resgate de corpos ou sobreviventes. Até o início da madrugada desta sexta (26), 12 corpos haviam sido resgatados. Todos foram encontrados em camas.

Segundo a imprensa russa, várias salas do prédio tinham grades na janela, o que impossibilitou a saída de muitas vítimas.

G1