BESSA GRILL
Início » Internacionais » Fotos de dois suspeitos dos atentados em Boston circulam entre policiais

Fotos de dois suspeitos dos atentados em Boston circulam entre policiais

Segundo o 'New York Post', homens carregavam mochilas perto da linha de chegada da Maratona mas, 1h30 depois, estavam sem elas

18/04/2013 14:05

BOSTON – Imagens que mostram dois suspeitos dos atentados à Maratona de Boston estão circulando entre os policiais, de acordo com informações dos “New York Post”. Em uma das fotos, tirada às 10h53m, dois homens são vistos conversando perto da linha de chegada da corrida. Um deles está usando uma mochila preta, o outro, uma bolsa azul. Na segunda foto, tirada às 12:30, a mochila preta sai de cena.

“As fotos estão circulando na tentativa de identificar os indivíduos destacados”, disse um e-mail obtido pelo jornal. “Sinta-se livre para passar as imagens para qualquer um de seus colegas agentes”.

De acordo com o “New York Post”, citando fontes sob condição de anonimato, as autoridades sabem o nome dos dois homens, mas não têm provas suficientes para prendê-los como supostos autores dos atentados de segunda-feira, que deixaram 176 feridos e três mortos.

Mais cedo, o jornal “Boston Globe” informou que as autoridades americanas têm em mãos vídeos que mostram dois suspeitos carregando sacos pretos em cada um dos locais das explosões. De acordo com uma fonte do diário, a imagens, captadas por câmeras de vigilância, podem ser divulgadas nesta quinta-feira para o público ajudar na identificação dos suspeitos.

Segundo o “New York Post”, não ficou imediatamente claro se os homens nas fotos são os mesmos dos vídeos.

Em meio à caçada para descobrir quem foram os autores do crime, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou a Boston, nesta quinta-feira, para participar de uma homenagem às vítimas. Desde os atentados, o país tem vivido dias de tensão.

Na quarta-feira, a polícia americana prendeu um suspeito de enviar cartas com substância letal ao Senado americano e ao presidente. Segundo as autoridades, as correspondências não têm relação com o atentado. Ainda na quarta, à noite, uma explosão em uma usina de fertilizantes no estado do Texas deixou ao menos cinco mortos e 160 feridos.

G1