BESSA GRILL
Início » Internacionais » Dan Boria levanta voo no Canadá com mais de 100 balões de gás hélio

Dan Boria levanta voo no Canadá com mais de 100 balões de gás hélio

15/07/2015 00:47

Vídeo mostra jovem sobrevoando codade no Canadá amarrado a mais de 100 balões gigantes cheios de gás hélio (Foto: Reprodução/Youtube/All Clean Natural)baloes-canada
Um jovem de 26 anos foi acusado de causar perigo para a vida depois de ter sobrevoado a cidade de Calgary, no Canadá, sentado em uma cadeira de plástico amarrada a mais de 100 balões gigantes cheios de gás hélio, segundo reportam os meios de comunicação locais.

Dan Boria foi detido neste domingo e solto na manhã desta segunda-feira (6). Ele pretendia pousar em um local onde são realizados rodeios, segundo a emissora CBC. No entanto, o tempo não ajudou no voo e Boria desceu a poucos quilômetros de onde decolou, em um campo industrial.

Em entrevista ao jornal “Calgary Sun”, Boria disse que o voo foi uma das coisas mais divertidas que ele fez na vida e que o objetivo era promover sua empresa de serviços de limpeza – um banner estava amarrado na cadeira. Ele postou vídeos com a ação no canal de sua empresa no YouTube; assista.

Sequência de imagens mostra jovem levantando voo com mais de 100 balões gigantes de gás hélio no Canadá (Foto: Reprodução/Youtube/All Clean Natural)baloes
“Os ventos estavam ferozes lá em cima… estavam tão fortes que me empurraram de volta”, disse o jovem ao jornal. “Os primeiros mil pés foram muito assustadores. Não sabia se aguentaria”.

De acordo com a agência BBC, Boria machucou seu tornozelo depois de decolar, mas ninguém mais ficou ferido. O jovem disse que procurou um paraquedista para lhe ajudar na ação, mas não encontrou um piloto que o apoiasse e decidiu optar pelos balões de hélio.
Em 2008, um episódio semelhante aconteceu no Brasil, mas terminou com o desaparecimento e a morte do “piloto”. O padre Adelir de Carli decolou com balões de gás hélio em Paranaguá (PR) para tentava bater um recorde voando pendurado em balões de festa.

Durante meses, ele foi considerado desaparecido e várias frentes de buscas foram realizadas até a localização do corpo em Macaé, no Rio de Janeiro. O mau tempo o teria levado em direção ao mar, causado a queda dos balões perto de São Francisco do Sul (SC).

www.reporteriedoferreira.com G1