BESSA GRILL
Início » Internacionais » Com greve policial, 6 morrem em meio a saques na Argentina

Com greve policial, 6 morrem em meio a saques na Argentina

Saques e protestos ocorrem em meio à greve policial em várias províncias. Manifestações violentas começaram em Córdoba, com 52 presos.

13/12/2013 00:53

Quatro pessoas morreram nas últimas horas na província de Chaco (nordeste) e outros dois em Jujuy (norte) da Argentina, informaram fontes governamentais.

Ao todo, chegam agora a oito o número de mortos desde que começaram os saques, abusos e manifestações em meio a greve de policiais que afeta várias províncias argentinas.

População saqueia lojas durante protestos na província de Tucuman, na Argentina (Foto: La Gaceta/Reuters)
População saqueia lojas durante protestos na província de Tucuman, na Argentina (Foto: La Gaceta/Reuters)

“Temos quatro mortos: três civis, que cremos que haviam participado dos saques, e um sucomissário (policial) de 35 anos”, disse uma fonte do governo de Chaco, que pediu anonimato.

Já na província de Jujuy, “houve duas mortes: uma na cidade de San Pedro e outra em Perico”, informou outra fonte do governo.

Os protesos policiais geraram um alerta logo que uma onda de saques começou em Córdoba  (710 km ao norte de Buenos Aires) deixando um primeiro saldo de dois mortos, quase cem feridos e 52 detidos.

G1