BESSA GRILL
Início » Nacionais » Temporal causa mortes e provoca estragos e desabamentos no RJ

Temporal causa mortes e provoca estragos e desabamentos no RJ

Chuvas deixou três mortos, no Rio, em Nova Iguaçu e em Cabo Frio. Mulher morreu ao ter carro atingido por uma árvore, em Barra de Guaratiba.

6/12/2013 08:53

 

tijchuva no rioO Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro confirmou que pelo menos três pessoas morreram por causa da forte chuva que começou na noite de quinta-feira (5), no estado. Uma mulher de 60 anos, identificada como Vera Lúcia, morreu na madrugada de sexta-feira (6) após a casa em que estava desabar no bairro de Comendador Soares, no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ou tra mulher identificada como Leila S., de 45 anos, teve o carro atingido por uma árvore durante o temporal, na Estrada Roberto Burle Marx, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, e morreu no local. Uma outra mulher foi socorrida e levada para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.

Em Cabo Frio, na Região dos Lagos, um jovem de 18 anos foi atingido por um raio e morreu. Ele estava num canavial.

O desmoronamento em Comendador Soares aconteceu devido ao temporal que atingiu a cidade na noite de quinta. As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros.

Temporal provoca noite de caos no Rio após dia com termômetros a 39,8°

Equipes da Defesa Civil foram para o local para vistoriar outros imóveis da região. Os rios da Baixada Fluminense e da Região Serrana também entraram em estado de atenção devido a chuva. Ruas de Nova Iguaçu ficaram completamente alagadas e algumas casas foram inundadas.

A mudança de tempo veio após um dia de muito calor no Rio, com sensação térmica de 47°C em Guaratiba, na Zona Oeste, às 13h, segundo o AlertaRio.

Região Serrana

Em Petrópolis, na Região Serrana, também choveu forte. O Inea informou que o Rio Quitandinha chegou a entrar em estado de alerta e caiu granizo. As regiões de Rio Branco, Araras e Centro de Petrópolis eram as mais atingidas pela chuva, ainda segundo o órgão.

Segundo a Defesa Civil, na cidade, 30 ocorrências foram registradas na noite de quinta, mas nenhuma com gravidade. Uma casa com cinco pessoas desabou. Uma jovem de 19 anos ficou levemente ferida. Ela foi encaminhada para um hospital da região e liberada em seguida. Todos os outros moradores não foram atingidos.

A chuva também afetou a cidade de Teresópolis. De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, o forte temporal provocou a queda de árvores e alagamentos. As comunidades do Porto e Boqueirão, em Vargem Grande, ficaram isoladas por conta das árvores. No local, assim como na Granja Florestal, houve alagamentos.

Também houve queda de uma árvore no Km 73 da Rodovia Rio-Teresópolis (trecho da BR-116), mas a pista foi liberad em seguida.

Nuvens negras e carregadas assustaram os moradores de Teresópolis, RJ (Foto: Roberto Ferreira )

Nuvens negras e carregadas assustaram os moradores de Teresópolis, RJ (Foto: Roberto Ferreira )

Norte Fluminense

Em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, ventou forte e vários locais da cidade ficaram comprometidos. Na localidade de Três Vendas, duas pessoas ficaram feridas depois do destelhamento de uma casa. A Defesa Civil atendeu cerca de 50 chamados até o fim da tarde de quinta.

Na RJ-158, que liga Campos ao município de São Fidélis, no Norte do Estado, uma árvore de grande porte caiu na rodovia. A pista chegou a ficar completamente interditada.

Região dos Lagos

Já na Região dos Lagos, algumas cidades foram atingidas por uma rápida chuva de granizo. A chuva atingiu São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande e Araruama. Em São Pedro, os bairros atingidos foram Praia Linda e Flexeira.

 

G1