BESSA GRILL
Início » Nacionais » Ônibus é incendiado em Natal; polícia procura por dupla suspeita

Ônibus é incendiado em Natal; polícia procura por dupla suspeita

14/03/2014 10:55
ônibus foi incendiado nesta quinta (13), em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
ônibus foi incendiado nesta quinta (13), em Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Um ônibus foi incendiado na noite desta quinta-feira (13) no bairro da Ribeira, na zona Leste de Natal. O veículo, da empresa Santa Maria, estava parado no terminal aguardando o horário da próxima saída quando dois homens chegaram e provocaram o incêndio. Não havia passageiros no ônibus e não houve registro de feridos.

O ônibus fazia a linha 56 (Ponta Negra/Rocas/Via Costeira) e estava parado na avenida Duque de Caxias. O veículo ficou completamente destruído. O caso foi regiistrado às 20h30.

Após o incêndio, policiais militares e bombeiros foram acionados. Os dois homens que atearam fogo no ônibus não foram identificados. O motorista registrou Boletim de Ocorrência na delegacia de plantão zona Sul.

Secretário Clodoaldo Cabral foi agredido nesta quinta (13), em Natal (Foto: Clodoaldo Cabral/Arquivo pessoal)Secretário Clodoaldo Cabral foi agredido em Natal
(Foto: Clodoaldo Cabral/Arquivo pessoal)

Agressão

Duas horas antes do incêncio, o secretário-adjunto de de Mobilidade Urbana de Natal, Clodoaldo Cabral, foi agredido na saída da Secretaria. “Eu havia acabado de fechar a Secretaria e tinha entrado no carro. Assim que sentei, um rapaz magro se aproximou, me deu um soco e correu. Na mesma hora comecei a sangrar. Mesmo assim, ainda fui atrás dele”, relatou ao G1.

Clodoaldo disse que o agressor entrou em um Fiat Uno e fugiu. “Eram dois homens. O agressor não falou nada. Apenas desferiu o golpe, que acabou cortando meu nariz”, disse.

O secretário registrou queixa na plantão. “Prefiro não falar sobre a possibilidade de relação entre esse incêndio do ônibus e a minha agressão. Vou continuar fazendo o meu trabalho normalmente. Mas confesso que temo pela minha família”, concluiu.

G1