BESSA GRILL
Início » Nacionais » Manifestantes ocupam ruas do Centro do Rio no Dia Nacional de Lutas

Manifestantes ocupam ruas do Centro do Rio no Dia Nacional de Lutas

Protestos se concentraram na Central do Brasil e na Candelária. Até as 22h, não havia registro de tumultos ou confronto com polícia.

31/08/2013 04:43

Professores, medicos e centrais sindicais protestam rumo na Alerj (Foto: Bruno Poppe/Frame/Folhapress)Professores, médicos e centrais sindicais protestam rumo à Alerj (Foto: Bruno Poppe/Frame/Folhapress)

O Centro do Rio de Janeiro foi o local escolhido para realização de duas manifestações na tarde desta sexta-feira (30). Por volta das 15h, líderes de centrais sindicais convocaram diversos trabalhadores que se reuniram na Central do Brasil. Um outro grupo, que juntou sindicalistas, professores e estudantes, saiu da Candelária em passeata pela Avenida Rio Branco, interditada por cerca de uma hora.

Na Central, o clima foi pacífico e os cerca de 100 manifestantes não saíram em passeata. Eles pediam a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, o fim do fator previdenciário, entre outras reivindicações trabalhistas. O protesto durou cerca de duas horas. Por volta das 18h, um carro de som anunciou o fim da manifestação. Não houve interdição de ruas. O ato fez parte do Dia Nacional de Lutas, e também ocorreu em outros estados do país (Veja como foi a cobertura do G1 das manifestações no país).

Mascarados pelo Centro
O grupo que saiu da Candelária, também no Centro, exibiu faixas e cartazes para pedir a estatização dos transportes coletivos, saúde pública de qualidade, a desmilitarização da polícia, entre outras pautas sociais, além da saída do governador Sérgio Cabral. Eles saíram em passeata por volta das 17h40 rumo à Cinelândia, onde chegaram por volta das 18h30. Alguns mascarados se juntaram ao grupo próximo à Câmara Municipal. O protesto foi convocado pelas redes sociais.

 Integrantes do Black Bloc protestam pelas ruas do centro do Rio de Janeiro (Foto: Marcos de Paula/Estadão Conteúdo)Mascarados protestam pelas ruas do Centro do Rio de Janeiro (Foto: Marcos de Paula/Estadão Conteúdo)

Após cruzarem a Avenida Rio Branco em uma caminhada pacífica, os manifestantes ocuparam as escadarias da Assembleia Legislativa (Alerj). Por volta das 20h, um pequeno grupo de mascarados caminhou pela Avenida Presidente Vargas até o prédio da prefeitura, na Cidade Nova. A Avenida foi fechada em alguns trechos e o trânsito desviado.

Os manifestantes foram até a Lapa por volta das 21h30 e o trânsito ficou complicado na região. Até as 22h, horário em que o protesto se dispersou, não havia registro de tumultos ou confronto com polícia que acompanhava os manifestantes de perto.

G1