BESSA GRILL
Início » Nacionais » Chuva forte causa destelhamentos e afeta pelo menos 700 pessoas no PR

Chuva forte causa destelhamentos e afeta pelo menos 700 pessoas no PR

15/07/2015 12:59

 

A chuva que atingiu a região norte e noroeste do Paraná na tarde desta sexta-feira (10), causou prejuízos em pelo menos oito cidades paranaenses. Em Janiópolis, no noroeste do estado, um dos municípios mais atingidos pela chuva, cerca de 700 pessoas foram afetadas pela chuva de granizo que caiu no município. De acordo com o prefeito José Domingos Poeira, 150 imóveis foram danificados. carolina_terra_-_sao_pedro_do_parana

O temporal de granizo atingiu o município por volta das 15h e durou em torno de uma hora. O local mais atingido foi o distrito de Bradópolis. “Estamos entregando lonas e cobertores. Muitas casas foram alagadas e móveis foram molhados”, relata Poeira. Por enquanto, três famílias estão desabrigadas e serão levadas para o Ginásio de Esportes do distrito.

Em Marialva, Loanda, Rondon e Nova Londrina dezenas de imóveis ficaram destelhados e há registros de quedas de árvores. Em Loanda, o temporal derrubou telhas em cima de um carro da Polícia Rodoviária Estadual.

De acordo com a Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel), todos os imóveis de Loanda, Rondon e Indianópolis, estão sem energia elétrica, e como consequência também estão sem telefone.  Os técnicos da Copel das três cidades estão nas ruas para descobrir o que provocou a interrupção de energia nestes municípios. Não há previsão de quando o serviço será normalizado. Em Guaporema, estragos foram registrados na área rural (Foto: Leandro Medeiros/Arquivo Pessoal)leandro_medeiros

Em Cianorte, de acordo com o Corpo de Bombeiros as Avenidas Espírito Santo e Manduí, a estrada do Cianortinho, e as ruas Amendoeiras e Maria Domingos ficaram alagadas após a chuva forte.

Segundo o Instituto de Meteorologia Simepar, a chuva forte que atingiu a região foi provocada pelo encontro de duas tempestades. Uma delas veio da região amazônica e outra do sul da Argentina. Conforme o Simepar, a tempestade durou em torno de 50 minutos e as regiões mais atingidas foram Campo Mourão, Floresta e Umuarama.

Para o fim de semana, a previsão é de mais chuva em todas as cidades das regiões norte e noroeste do estado. O Instituto alerta para possíveis alagamentos nos centros urbanos e cheia de rios.

www.reporteriedoferreira.com Por G1