BESSA GRILL
Início » Maçonaria » Mensagem Para Reflexão – Escrito pelo editor Ir.’. HÉLIO FRANÇA

Mensagem Para Reflexão – Escrito pelo editor Ir.’. HÉLIO FRANÇA

28/05/2014 20:26

MENSAGENS DE REFLEXÃO, SABEDORIA, AMOR, PAZ E VIDA.

O HOMEM LIVRE E DE BONS COSTUMES

Ser “LIVRE E DE BONS COSTUMES” é um dos pré-requisitos para o profano ingressar na Ordem Maçônica.

Admiro o Maçom que sabe para onde vai, qual é o seu destino, para que foi criado pelo Criador e quais são seus ideais. Trazê-los à terra e fazê-los tangíveis. Sabe o que tem de fazer e o faz.

Admiro o Maçom que empenha sua palavra e sabe cumpri-la a todo custo.

Admiro o Maçom que tem capacidade para assumir as consequências de seus atos. Que é respeitoso e justo com seus irmãos e consigo mesmo. Que agradece as gentilezas de seus irmãos e as coisas boas que existe em sua vida. Que vive cada hora animado e dando o melhor de seu ser. Que goza da faculdade de enriquecer sua existência dando um sorriso, de oferecer suas mãos e ajudar generosamente a edificar o templo dos outros sem esperar nada em troca.

Admiro o Maçom que é capaz de criticar construtivamente e de frente, seu irmão, mas sem machucá-lo nem feri-lo. Um Maçom que possui sentido de justiça. A estes eu os chamo “meus amigos”.

Admiro a pureza do pensamento do Maçom, quando é livre de amarras e joga a mochila de pedra dos ódios, invejas, ambições e outros lastros que o ancoram ao poço sem fundo, que influenciam fora de nossos sagrados recintos. Me entusiasma o Maçom sincero e franco, capaz de opor-se com elementos de juízo razoáveis às decisões de qualquer um.

Admiro o Maçom leal, constante e persistente, que não desfalece quando trata de alcançar objetivos e ideais de união fraternal.

Admiro o Maçom que olha para quem caiu só para levantá-lo. A glória não consiste em não cair, mas levantar-se todas as vezes que seja necessário.

A sensibilidade, a coragem, a solidariedade, a bondade, o respeito, a tranqüilidade, os valores, a alegria, a humildade, a fé, a felicidade, o tato, a confiança, a esperança, o agradecimento, a sabedoria, os sonhos, o arrependimento e o amor para com os outros e consigo mesmo são fundamentais para chamar-se: “HOMENS LIVRES E DE BONS COSTUMES”.

Ir.’. HÉLIO LUÍS DE FRANÇA
Editor da Coluna Maçonaria