Thalles Magno comemora gol do Vasco
Agência O Globo

Thalles Magno comemora gol do Vasco

Após mais de um mês longe de casa, o Vasco conquistou vitória importante pelo Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Cruz-Maltino venceu o São Paulo por 2 a 0, em São Januário, pela 16ª rodada do torneio nacional. Os gols da partida foram marcados pelo garoto Talles Magno, de 17 anos, e o experiente Fellipe Bastos fechou o placar. O Tricolor paulista ainda teve a expulsão de Raniel ainda no primeiro tempo.

Diante do resultado, a equipe carioca somou 20 pontos e subiu para a 14ª posição e pode relaxar com relação à zona de rebaixamento. O Tricolor deixou de encostar no Santos e permanece na quarta colocação, com 30. Na rodada seguinte, o Vasco enfrenta o Cruzeiro, no domingo, às 19h, no Mineirão. Um dia antes, às 11h, o São Paulo tem embate contra o Grêmio, no Morumbi.

DE VOLTA PARA CASA 

Após vender mando de campo contra o CSA e Flamengo, o Vasco retornou para São Januário depois de mais de um mês. A equipe Cruz-Maltina parecia à vontade e chegou com mais perigo em comparação ao São Paulo. As crias da Colina, Talles Magno e Marrony agitaram no setor ofensivo, com dribles e finalizações. O Tricolor pouco arriscou e teve apenas duas finalizações, porém conseguiu 54% de posse de bola. Faltou criatividade para o meio-campo.

MUITA CONVERSA…

Para piorar a situação dos tricolores, o atacante Raniel foi expulso, aos 32 do primeiro tempo após análise demorada do VAR e de Anderson Daronco. O atleta do clube paulista levantou muito a perna e acabou acertando a cabeça do volante Richard. Ele foi imprudente e cabia apenas o amarelo. Houve muita reclamação dos jogadores do São Paulo.

DEIXA COM O GAROTO 

A volta para a segunda etapa foi mais animada. O Vasco procurou tirar proveito da expulsão e o São Paulo não se intimidou fora de casa. Ambos já tinham criado chances de gols, mas foram os donos da casa que abriram o placar. Em cruzamento de Danilo Barcelos, Castan desviou e Talles Magno , de 17 anos, deslocou Volpi e saiu para comemorar.

FECHOU! 

Depois de abrir o placar, o  Vasco controlou a partida e não deixou os paulistas assustarem. Além disso, criaram oportunidades de gols. Em uma das tramas, Danilo Barcelos ganha divida, cruza para área e Fellipe Bastos, que entrou no segundo tempo, apenas escorou para ampliar a vantagem e cravar mais três pontos. Após o jogo, o técnico Cuca bateu-boca com Castan, mas jogadores afastaram a briga

www.reporteriedoferreira.com.br Por Ig