BESSA GRILL
Início » Esportes » Seis meses após ouro olímpico, Micale é demitido da seleção brasileira sub-20

Seis meses após ouro olímpico, Micale é demitido da seleção brasileira sub-20

21/02/2017 13:05
 

O vexame protagonizado no Equador, com a seleção brasileira terminando na quinto lugar no hexagonal final, já havia custado o emprego de Erasmo Damiani

Créditos: ALE VIANNA/AGÊNCIA ELEVEN/GAZETA PRESS

Rogério Micale não é mais o técnico da seleção brasileira sub-20. Nesta segunda-feira, dia em que o ouro no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 completa seis meses, o treinador não resistiu ao fracasso no Sul-Americano da categoria e foi demitido pela CBF.

Micale, que comandou a seleção sub-23 que conquistou a inédita medalha olímpica, esteve a frente também da campanha decepcionante no Mundial sub-20, encerrado na última semana, com o Brasil não conseguindo sequer classificação para o Mundial da categoria.

O vexame protagonizado no Equador, com a seleção brasileira terminando na quinto lugar no hexagonal final, já havia custado o emprego de Erasmo Damiani, que era coordenador das categorias de base da CBF. Caberá a Edu Gaspar, coordenador da seleção principal, indicar os substitutos.

Antes de chegar á seleção, Micale comandava a equipe sub-20 do Atlético-MG. Assumiu o cargo na CBF em 2015, com a queda Alexandre Gallo. Já a chance de treinar o time olímpico veio com a demissão da equipe principal de Dunga, que era quem ficaria com a incumbência na Rio 2016.

www.reporteriedoferreira.com Por ESPN