BESSA GRILL
Início » Esportes » São Paulo vence no fim,e empurra Palmeiras para o Z-4

São Paulo vence no fim,e empurra Palmeiras para o Z-4

17/08/2014 22:28

são pauloNada que se pudesse falar do clássico até os 43 minutos do segundo tempo teve importância depois que Alan Kardec recebeu cruzamento, subiu e cabeceou, num movimento de manual de instruções, no cantinho esquerdo do gol palmeirense. Daqueles capítulos que se repetem invariavelmente. O ex-jogador troca um rival por outro numa transferência polêmica e, no primeiro reencontro, faz o gol. E comemora. O centroavante roubou a cena e decretou a vitória do São Paulo por 2 a 1 sobre o Palmeiras, que entrou no Z-4. Já o Tricolor, com 26 pontos, está em quinto, colado no Fluminense.

Por causa de Kardec, os presidentes dos clubes romperam. Nem se falam mais. Foram R$ 13,7 milhões pagos pelo São Paulo ao Benfica depois de o Verdão não chegar a acordo financeiro com o atleta. O Tricolor vai curtir cada centavo gasto neste domingo. A cabeçada do atacante definiu o placar de um jogo marcado muito mais por erros do que acertos.

Erros com mãos, pés e braços do goleiro Fábio, do zagueiro Edson Silva (ou do árbitro Péricles Bassols), do bandeirinha, dos zagueiros, atacantes… Viu-se no Pacaembu dois times limitados, por motivos distintos, mortos de medo de levarem gols no primeiro tempo e mais corajosos no segundo, o que tornou o clássico divertido e emocionante.

Os primeiros 45 minutos não merecem mais do que poucas linhas, apenas para dizerem que o melhor em campo disputou apenas 13 minutos e o lance mais importante foi justamente sua lesão. Coxa ou olho? Valdivia colocou a mão na parte posterior da perna direita, caiu com as mãos no rosto e, segundo o médico, teve de ser trocado por Felipe Menezes por conta de uma tontura. No hospital, foi constatada uma fratura no nariz do chileno. O bizarro foi a informação de que a lesão ocorreu num treino na quarta-feira.Com a vitória, o São Paulo chega a 26 pontos, em quinto, colado no G-4. Já o Palmeiras, sem vencer há nove rodadas no Brasileiro, vê o Z-4 como realidade.