BESSA GRILL
Início » Esportes » São Paulo tem Abel, Luxa e Sabella na lista: veja os prós e contras no clube

São Paulo tem Abel, Luxa e Sabella na lista: veja os prós e contras no clube

8/04/2015 10:25

Três nomes estão na lista da diretoria do São Paulo no momento para substituir Muricy Ramalho como técnico: Abel Braga, o argentino Alejandro Sabella e Vanderlei Luxemburgo. O argentino já foi procurado por diretores do Tricolor, mas no clube é forte a pressão de conselheiros e diretores de outros departamentos em cima de Aidar para que o presidente tente Luxa. Abel, neste momento, corre por fora e não empolga dentro do clube.

Confira abaixo a situação de cada um dos alvos e os prós e contras para um possível desfecho:

LUXA
Dos nomes, é o único empregado atualmente, no comando do Flamengo. A situação atual pesa contra, pois a diretoria preferia não entrar neste tipo de negócio, que tende a ser desgastante. Mais: há uma boa relação com a diretoria do Flamengo, sobretudo entre o presidente Carlos Miguel Aidar e o vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro, do Tricolor, com Eduardo Bandeira de Mello, mandatário do Flamengo. Aidar já conversou algumas vezes com Bandeira sobre a ideia de criar uma Liga entre os clubes para fugir do controle da CBF e das demais federações. Uma investida em Luxa poderia trazer transtornos à relação. Há uma multa pela quebra de contrato do treinador com o Rubro-Negro, definida pelo clube em dois salários, algo em torno de R$ 800 mil a R$ 1 milhão.

A favor Luxa tem a simpatia de alguns dirigentes e o bom trabalho que vem realizando no Flamengo desde o ano passado. Foi semifinalista da Copa do Brasil e lidera o Campeonato Carioca com um time considerado ajustado e bem encaixado. Luxemburgo seria, no Brasil, um nome de impacto semelhante ao de Muricy Ramalho, como disse querer Ataíde Gil Guerreiro logo após a saída do técnico.

SABELLA
Argentino tem a simpatia do presidente Carlos Miguel Aidar, cujo perfil aponta para uma decisão mais ousada, segundo quem o acompanha. O treinador já recebeu contato da diretoria do São Paulo nesta terça-feira, está sendo analisado e tem grande credencial: foi vice-campeão mundial com a Argentina no Brasil ano passado, sendo derrotado na final para a poderosa Alemanha. Também agrada ao técnico argentino a ideia de treinar uma equipe fora do seu país.

Contra o argentino pesa a adaptação ao futebol brasileiro vista como necessária pelos dirigentes, ao mesmo tempo em que a equipe se vê em meio a decisões fundamentais para o restante da temporada. Nas próximas duas semanas, o São Paulo iniciará o mata-mata do Paulistão e terá as duas últimas partidas da primeira fase da Libertadores para se garantir nas oitavas de final. Sabella também tem a intenção de treinar um clube na Europa.

ABEL BRAGA
Começa bem por ter sido sugerido por Muricy Ramalho, por quem Ataíde Gil Guerreiro nutre grande respeito. O estilo dos dois técnicos são semelhantes e significaria de certa forma uma continuidade no trabalho, defendida por parte da cúpula. Abel tem currículo vencedor e, até pela análise feita por Muricy, teria credencial para chegar causando impacto no grupo, uma das necessidades diagnosticadas pelos dirigentes nas últimas reuniões.

Abel, porém, precisaria resolver uma pendência para chegar ao Tricolor. Isso porque o técnico tem um acordo apalavrado com um time dos Emirados Árabes Unidos. À ESPN, ele falou que a situação não é definitiva, dando a entender que pode haver uma reviravolta no acerto com os árabes. Abel também vem de um salário alto no Internacional, em que recebia acima dos R% 500 mil que a diretoria são-paulina pagava a Muricy. O perfil do técnico não é o preferido do presidente Carlos Miguel Aidar. Dos três, hoje é o que tem menos chances.

De Muricy a Muricy: oito técnicos dirigiram o São Paulo desde 2009Muricy Ramalho, último técnico do São Paulo: 2013/15 (Reginaldo Castro)Muricy Ramalho à frente do São Paulo em 2009 (Tom Dib)Ricardo Gomes no São Paulo em 2009/10 (Eduardo Viana)Sérgio Baresi no São Paulo em 2010 (Miguel Schincariol)Paulo César Carpegiani no São Paulo em 2010/11 (Miguel Schincariol)Adilson Batista no São Paulo em 2011 (Tom Dib)Emerson Leão no São Paulo em 2011/12 (Tom Dib)Ney Franco no São Paulo em 2012/13 (Migue Schincariol)Paulo Autuori no São Paulo em 2013 (Migel Schincariol)Muricy Ramalho, último técnico do São Paulo: 2013/15 (Reginaldo Castro)

www.reporteriedoferreira.com Por Lancenet