BESSA GRILL
Início » Esportes » Santos aceita proposta do Fluminense e Cícero retorna ao clube carioca

Santos aceita proposta do Fluminense e Cícero retorna ao clube carioca

28/05/2014 23:31

ciceroApós receber a proposta oficial do Fluminense pelo meia Cícero nesta quarta-feira, o Comitê Gestor do Santos decidiu aceitar a oferta e negociou o jogador com o clube carioca. Desta forma, o volante retorna ao time das Laranjeiras, onde foi campeão da Copa do Brasil em 2007 e vice da Copa Libertadores da América no ano seguinte.Em nota oficial, o clube paulista informou que o acordo ocorreu após conversas por telefone entre o presidente do Santos, Odílio Rodrigues, o diretor executivo do Flu, Mário Bittencourt, e o empresário do atleta, Eduardo Uram.

O contrato do jogador com o Fluminense já está sendo formulado. O camisa 8, inclusive, não viajou com a delegação do Santos para Feira de Santana-BA, onde o time enfrenta o Bahia nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), no estádio Joia da Princesa, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.Cícero, que vestia bermuda e chinelo, subiu ao ônibus da delegação no início da tarde desta quarta-feira para se despedir do técnico Oswaldo de Oliveira e dos demais companheiros. Em seguida, o volante Anderson Carvalho foi chamado às pressas para integrar o grupo de jogadores que viajou à Bahia.

Cícero pediu para não atuar contra o Flamengo no último domingo, no Morumbi, alegando que o Fluminense enviaria uma proposta oficial nesta semana. Caso atuasse contra o rubro-negro carioca ele completaria o sétimo jogo no torneio nacional e não poderia mais se transferir para o Flu.Os valores da transação não foram divulgados. A multa rescisória de Cícero estava avaliada em 6 milhões de euros (aproximadamente R$ 19 milhões). Como detém 50% dos direitos econômicos do volante, o Santos não abria mão, inicialmente, de receber os 3 milhões de euros (R$ 9 milhões) para liberar o jogador ao Fluminense.

Cícero entrou em rota de colisão com a diretoria do Santos. O atleta chegou a cobrar publicamente uma valorização financeira. O camisa 8 rejeitou um aumento oferecido pelo Comitê Gestor de R$ 50 mil, pois queria receber “meio milhão” por mês (R$ 500 mil). Cícero ganhava atualmente R$ 350 mil mensais e passaria a receber R$ 400 mil.Além dos R$ 500 mil mensais, o meia pretendia estender seu contrato e, principalmente, vender parte de seus direitos econômicos ao Santos. Ano passado, Cícero recebeu um reajuste de 25% no seu ordenado após receber uma proposta do Internacional.Cícero tinha contrato com o Santos até dezembro deste ano e poderia assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de junho. O atleta tem os direitos federativos vinculados ao Tombense, clube que pertence ao empresário Eduardo Uram.