BESSA GRILL
Início » Esportes » Rhayner quebra jejum, Flu vence, assume a ponta e elimina o Flamengo do Carioca

Rhayner quebra jejum, Flu vence, assume a ponta e elimina o Flamengo do Carioca

Atacante quebrou jejum de dois anos sem marcar e decretou a eliminação do arquirrival do Campeonato Carioca. Fred saiu lesionado e é dúvida para a partida contra o Grêmio

7/04/2013 00:38

 

Agência Photocamera

Rhayner marcou um gol depois de dois anos de jejum

Fluminense supera lesão de Fred, derrota Resende por 2 a 0, com gol de Rhayner e elimina Flamengo da Taça Rio. Além disso, agora, o Tricolor lidera o grupo B com 13 pontos. A partida começou de uma maneira não muito boa para o Fluminense. Aos seis minutos, na primeira jogada ofensiva da equipe, Fred, sentiu dores no joelho e pediu substituição, Michael entrou no lugar do atacante, que precisou ser carregado para deixar o gramado.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Agência Photocamera

Fred deixou o campo no início do primeiro e preocupa para a partida contra o Grêmio na quarta

 

Abalado com o ocorrido, o Tricolor quase levou o primeiro no lance seguinte. Kim acertou um belo chute de longe e a bola ficou na trave.

Aos poucos, o Fluminense passou a dominar a partida, mas não conseguia criar boas chances. A primeira oportunidade do Tricolor só aconteceu aos 39 minutos. Sobis e Wagner fizeram uma boa tabela, mas Mauro fez boa defesa após finalização do meia.

A segunda etapa começou com o Tricolor em cima. Aos oito minutos saiu o primeiro do Flu. Wagner cruzou e Michael, de cabeça marcou o primeiro do Tricolor. Seis minutos depois, o fim de um drama. Rhayner fez bela jogada pela direita e cruzou, o goleiro Mauro, tentou cortar e acabou colocando a bola para dentro, dando fim deste modo a grande seca de gols do atacante do clube carioca, que estava há dois anos sem balançar a rede.

Após o segundo gol, o Fluminense passou a cadenciar a partida. Abel tirou Rhayner e colocou Deco em campo. O luso-brasileiro, junto de Wagner e Sobis passou a tocar mais a bola e o Tricolor segurou o resultado que praticamente classificou a equipe para as semifinais.

O Dia