BESSA GRILL
Início » Esportes » Presidente do Vasco Eurico volta a chamar Flu de freguês e renova com Rodrigo

Presidente do Vasco Eurico volta a chamar Flu de freguês e renova com Rodrigo

24/07/2015 00:55

Envolvido em polêmica com o atacante Fred, do Fluminense , o zagueiro Rodrigo teve seu contrato renovado pelo Vasco . A notícia foi dada pelo presidente Eurico Miranda em entrevista coletiva nesta segunda-feira, um dia depois da vitória no clássico.
“A posição do Vasco é comunicar a todos que o ‘aposentado’ Rodrigo renovou contrato por mais dois anos. Só vim comunicar isso. Já havia a decisão de renovar, já estava certo. Mas eu apressei porque disseram que ele estava aposentado. Gosto de renovar com aposentados. Digo isso só para mostrar o que o Vasco entende em relação ao Rodrigo e a esse episódio”, começou Eurico, aproveitando para criticar a atitude de Fred e Enderson Moreira, técnico do Flu.

Foto: Pedro Martins/ Agif / Gazeta Pressrodrigogestopedromartinsagifgazetapress
Rodrigo é titular absoluto no Vasco

“Só quero me manifestar em relação ao episódio envolvendo o Rodrigo. Sobre o que o jogador (Fred) e o treinador (Enderson) falaram, achei deselegante tanto de um jogador como de um treinador. Não vou entrar no mérito do que foi dito”, desconversou o presidente.

“Não queria falar sobre isso não, mas acho o seguinte. Todo mundo viu a nota que eu dei a respeito do que aconteceu no jogo. Só quero dizer o seguinte: ontem foi mais uma demonstração de que as coisas não são como muitos pensam”, destacou. Em seguida, Eurico voltou a tratar o rival como “freguês”, como já havia feito neste domingo, em nota oficial publicada no site do Vasco.

“Outra coisa que eu disse e repito: o Vasco ganha do Fluminense no asfalto e em qualquer lugar. O Fluminense é um freguês que paga em dia, nem precisa correr atrás. Está ficando cada vez mais claro”, criticou. “Entraram dois times, em principio para jogar de igual para igual, mas um estava todo cheio de medo, eu diria borrado. Até 86, o Fluminense tinha superioridade no número de vitórias. De lá para cá, nessas coisas do destino, a situação se inverteu”, prosseguiu, reiterando também que o Vasco não será mandante no Maracanã, como quer o consórcio que administra o estádio.

Foto: Marcelo Sadio/Vasco / Divulgação
Eurico quis mostrar que não está mal de saúdeeuricocoletivamarcelosadiovasco
Foto: Marcelo Sadio/Vasco / Divulgação
“O Vasco não joga mais no Consórcio Maracanã. Pode jogar obrigado como já aconteceu, mas sem ter o mando de campo. Vai ser um estádio estranho, não queremos nada dele. O Vasco não joga no Maracanã com quem quer que seja, porque o consórcio não tem procedido com a entidade Vasco da forma que deveria proceder, não tem tido o devido respeito. Deus escreve certo por linhas tortas, e o resultado está aí. Como disse o Madson, quem comeu o bolo da festa fomos nós”, brincou, Eurico, acrescentando também que não pedirá licença para cuidar da saúde.

“Falaram que eu estava mal de saúde. Vim aqui hoje para mostrar que não pedi licença e nem vou pedir. Não estou mal de saúde, os que torcem contra ficam satisfeitos. Os que torcem a favor também ficam. Então, estou tranquilo”, ironizou o presidente.

www.reporteriedoferreira.com    Gazeta Esportiva