BESSA GRILL
Início » Esportes » Paulistas esquentam briga pelo G4; Na liderança, Corinthians dispara

Paulistas esquentam briga pelo G4; Na liderança, Corinthians dispara

20/10/2015 03:04

 

b40d3r5xvydm33rjc9e8t65r8Ricardo Saibun/Divulgação Santos

Santos, de Lucas Lima, segue em quarto, mas é seguido de perto pelos rivais

 

Se lá na frente o Campeonato Brasileiro parece se desenhar cada vez mais para um título do Corinthians, agora com oito pontos de vantagem para o vice-líder líder Atlético-MG, a briga no G4 segue intensa – e promete ser assim até o final. Na 31ª rodada, a disputa pela quarta vaga na Libertadores caminhou para uma espécie de “Campeonato Paulista”, com quatro equipes do estado de São Paulo na briga: Santos, Palmeiras, São Paulo e Ponte Preta. Mas há, também, um “intruso” gaúcho: o Internacional.

Do santistas, atual quarto colocado com 49 pontos, aos ponte-pretanos, oitavos com 47, são apenas dois pontos separando as cinco equipes, que veem de perto o sonho de disputar a Libertadores da América em 2016.

Confira as imagens da 31ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Após o Palmeiras quebrar uma sequência de três jogos sem vencer e bater o Avaí no sábado, o Santos entrou em campo pressionado e precisando da vitória para retomar a quarta posição na tabela. E fez muito bem a sua parte.

Atuando na Vila Belmiro, mostrou porque é um dos melhores mandantes do campeonato e bateu o Goiás por 3 a 1, com dois gols do artilheiro da competição, Ricardo Oliveira. O centroavante agora totaliza 19 gols marcado no Brasileirão 2015.

Olho no Colorado

Aos poucos o Internacional foi chegando na parte de cima da tabela e, hoje, se mostra uma ameaça real aos paulistas na luta do G4. O time gaúcho venceu por 1 a 0 um importante confronto direto por posição contra o Flamengo, em pleno Maracanã, e agora aparece em sétimo lugar, com 47 pontos, apenas dois a menos que o Santos.

Os cariocas ficaram com 44 pontos, caíram para a décima posição e agora parecem distantes de voltar a ocupar um lugar entre os quatro primeiros.

Mãos na taça

O Corinthians se aproximou ainda mais do título com os resultados deste domingo. Primeiro, jogando às 16h, o líder do campeonato fez a sua parte e venceu com tranquilidade o Atlético-PR, em Curitiba, por 4 a 1. Com isso jogou a pressão para cima do Atlético-MG, que às 18h30 enfrentaria o Sport, na Ilha do Retiro.

Os pernambucanos, por sua vez, repetiram o placar dos corintianos, e fizeram 4 a 1 no vice-líder do Brasileirão. Com isso, a diferença do Timão para o Galo, que era de cinco pontos no início da rodada, subiu para oito ao término dela. Uma verdadeira ducha de água fria no sonho mineiro.

“La Mano de Dios”

A Ponte Preta segue sua incrível arrancada e deixou mais um adversário pelo caminho. A vítima da vez foi o Coritiba, que sucumbiu à força da Macaca jogando no Moisés Lucarelli: 3 a 0. O curioso ficou por conta do primeiro gol campineiro, marcado por Alexandro, que ao subir para disputar uma jogada na área usou a mão para finalizar, tal qual o lendário lance de Maradona contra a Inglaterra na Copa de 1986 . O árbitro não viu e validou o gol. Ao ser questionado na saída do campo pelos repórteres, o atacante ironizou: “Manda reclamar lá na federação”.

Zona dos desesperados

O Vasco chegou a estar vencendo o duelo contra o São Paulo por 2 a 1, e com um jogador a mais até três minutos do final, quando cedeu o empate. O empate acabou com sabor de derrota para os cariocas, e o prejuízo só não foi maior pois Coritiba, Goiás, Avaí e Figueirense, todos lutando contra o rebaixamento, foram derrotados na rodada. Com isso, o time carioca, apesar de ir para a lanterna, ainda conseguiu diminuir de cinco para quatro pontos a diferença para a primeira equipe fora da zona de rebaixamento. O cruzmaltino tem 29 pontos, enquanto o Avaí, 16º colocado, soma 33.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig