BESSA GRILL
Início » Esportes » Neymar é expulso , Santos perde e Ponte continua líder

Neymar é expulso , Santos perde e Ponte continua líder

18/02/2013 02:41

neymar_cartao_vermelhoO Santos apostava em Neymar para tentar surpreender a Ponte Preta, atual líder do Campeonato Paulista. O craque santista, no entanto, se envolveu em uma confusão no fim do primeiro tempo, foi expulso, e acabou prejudicando sua equipe, que acabou perdendo por 3 a 1 para o time de Campinas, na casa do adversário. Na saída de campo, o camisa 11 desabafou “Nem eu sei o que aconteceu. Numa disputa de bola, eu acabei apanhando e fui expulso. Só estão errando no momento errado”, reclamou Neymar. “Nem eu e nem o Artur tínhamos que ser expulso. O futebol está ficando chato demais. Para quem está jogando, quem está assistindo e quem está transmitindo”, acrescentou o camisa 11.

Independentemente da polêmica, que também rendeu um cartão vermelho para o ponte-pretano Artur, , a equipe de Campinas segue na liderança do Paulistão, agora com 18 pontos. Já o Santos caiu duas posições e, com 14 pontos, é o quarto. O time da Vila Belmiro também perdeu a condição de melhor ataque do Campeonato Paulista – foi ultrapassado por Palmeiras (17 gols) e Mogi Mirim (16 tentos).
A partida parecia que seria boa para Neymar. Logo aos 5 minutos, ele perdeu uma boa chance. Após triangulação entre Montillo, Cícero e o camisa 11, o craque chutou de esquerda, mas Edson Bastos fez importante defesa.
Usando a arma de se defender muito bem e aproveitar as suas chances no ataque, a Ponte abriu o placar, aos 11 minutos. O peruano Ramirez descolou um cruzamento preciso na área para Bruno Silva. O volante aproveitou bobeira da defesa santista e recebeu sozinho na área. Ele só teve o trabalho de dominar e tocar na saída de Rafael para comemorar o gol.
Melhor em campo, o time da casa conseguiu neutralizar as investidas de Montillo, Cícero e Neymar, passando a irritar os santistas. Em alguns bons ataques, a Ponte Preta assustava. Neymar até chegou a balançar a rede. Mas o gol foi anulado. O camisa 11 recebeu na grande área da Ponte, se livrou de marcação e tocou na saída de Édson Bastos. Só que ele estava impedido e o árbitro Luiz Flávio de Oliveira anulou corretamente o que seria o empate do Santos.
Do uol.