BESSA GRILL
Início » Destaque » Juninho marca em reestreia, Vasco 3 X 1 Flu na reabertura do Maracanã

Juninho marca em reestreia, Vasco 3 X 1 Flu na reabertura do Maracanã

21/07/2013 20:41

 

Vasco 01 Vasco 02

O Vasco levou a melhor na reabertura do Maracanã aos clubes cariocas. O time contou com o talento de Juninho e aproveitou a expulsão de Fred ainda no 1º tempo para vencer o Fluminense por 3 a 1, neste domingo, pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do ídolo cruzmaltino, de André e de Tenorio – Carlinhos descontou – estragaram a festa pelo aniversário de 111 anos do clube das Laranjeiras. O resultado tirou a equipe da zona de rebaixamento. Com 10 pontos, o Cruzmaltino ocupa a 11ª posição. Já o Tricolor sofreu o quarto revés consecutivo, soma 9 pontos e está em 14º lugar.

As duas torcidas fizeram bonita festa nas arquibancadas e as provocações deram o tom da cantoria antes de a bola rolar. O clima de rivalidade foi acirrado nos últimos dias, quando o Fluminense definiu o posicionamento de seus torcedores ao lado direito das cabines de rádio, setor utilizado pelos vascaínos desde 1951. O contrato do Tricolor com o consórcio que administra a arena pelos próximos 35 anos possibilitou o benefício.

Com a bola rolando, o time de Abel Braga tomou a iniciativa e buscou explorar a instabilidade da defesa cruzmaltina. Sem Renato Silva – vetado pouco antes do confronto com uma virose -, Dorival Júnior escalou Jomar, que não atuava há dois anos. Logo no início, a zaga falhou e Rafael Sobis quase aproveitou.

O Fluminense manteve o predomínio, enquanto o Vasco buscava se organizar com o talento de Juninho Pernambucano. E o ídolo da torcida cruzmaltina abriu o placar em sua reestreia. Aos 16min, Henrique cruzou e a bola sobrou para Pedro Ken. O camisa 10 rolou para trás. Juninho aproveitou a falha da defesa tricolor e estufou a rede defendida por Diego Cavalieri com a categoria habitual.

O Tricolor acusou o golpe, mas ainda respondeu aos 23min. Edinho arriscou de longe, a bola descaiu rapidamente e acertou o travessão. Mas o time teve uma baixa significativa aos 24min. Fred foi expulso após acertar uma cotovelada em Jomar. Os dois chegaram a se entranhar rapidamente nos primeiros minutos.

Com a vantagem numérica, o Cruzmaltino tentava cadenciar a partida e explorava o lado esquerdo da defesa adversária. Já o Tricolor voltou a levar perigo aos 35min. Edinho recebeu com liberdade e arriscou chute forte. André respondeu e chegou perto de marcar o segundo do Vasco. O placar não foi modificado, mas o time de São Januário encerrou a primeira etapa em vantagem.

O Fluminense voltou para o segundo tempo com Rhayner no lugar de Deco na expectativa de dar velocidade ao setor ofensivo. Mas logo no primeiro minuto, Juninho lançou André na área. O atacante deu uma cavadinha, superou Cavalieri e ampliou o placar para o Vasco. Apesar da festa cruzmaltina, o Fluminense conseguiu diminuir aos 10min. Carlinhos aproveitou falha de Diogo Silva e cabeceou para o fundo do gol.

O Vasco sentiu o tento e passou a ceder espaços. Rafael Sobis, Wagner e Carlinhos buscavam surpreender a defesa e arriscavam chutes de fora da área. Apesar da vontade, o Fluminense expôs o setor defensivo e teve mais um jogador expulso. Aos 28min, Digão derrubou André e não foi perdoado pela arbitragem.

Aos 36min, o Cruzmaltino deu números finais ao placar e fez os torcedores do Fluminense deixarem o Maracanã mais cedo no dia do aniversário do clube. Tenorio subiu entre os zagueiros e escorou para o fundo do gol após cobrança de escanteio. A festa ao lado esquerdo das cabines de rádio continuou. Os vascaínos não economizaram nos cantos e demarcaram mais um setor em um dos principais estádios do mundo.

Uol- Fotos Google