BESSA GRILL
Início » Esportes » Gol no fim salva o Sport de derrota para o Sousa na Copa do Nordeste

Gol no fim salva o Sport de derrota para o Sousa na Copa do Nordeste

Dinossauro vencia até os 43 minutos, quando Roger deixou tudo igual

21/01/2013 11:01

sousa x sport1O Sousa esteve muito perto de uma vitória em sua estreia na Copa do Nordeste. Mas vacilou a dois minutos do fim da partida e viu o Sport achar o gol de empate na tarde deste domingo, no Estádio Marizão. O placar de 1 a 1 acabou sendo um castigo para o time paraibano, que foi melhor durante boa parte do jogo, mas também premiou a insistência do Leão.

Com o resultado, ambos somam os primeiros pontos no Grupo B, que tem o Confiança na liderança após a vitória sobre o Fortaleza. Na próxima rodada, na quinta-feira, o Sousa enfrenta o Fortaleza, no Presidente Vargas; e o Sport, na Ilha do Retiro, pega o Confiança.

Com um time mais técnico, o Sport sentiu bastante as condições do campo. Mais acostumado ao gramado, o Sousa não demorou para dominar o meio-campo. O domínio quase resultou em gol aos 18 minutos, quando o lateral Toty mandou uma bomba na trave de Magrão. No rebote, Jessuí perdeu a chance de abrir o placar.

 

Acuado, o Sport apostava nas bolas aéreas, mas o goleiro Marcelo Silva mostrava segurança. A essa altura, o Leão já havia conseguido equilibrar as ações. E aos 27 minutos proporcionou o lance mais polêmico da partida. Felipe Azevedo recebeu pela direita e acabou derrubado por Camilo na área. O árbitro Leandro Dantas de Oliveira chegou a marcar o pênalti, mas mudou de ideia após consultar o assistente.

Depois de muita reclamação dos jogadores rubro-negros, o jogo prosseguiu no mesmo ritmo. O Sousa com mais posse de bola, e o Sport apostando nas jogadas pelo alto. Aos 37, após novo cruzamento, Marcelo Silva tirou de soco e, no rebote, Gilsinho cabeceou, tentando pegar o goleiro de surpresa. A bola foi para fora.

A segunda metade do jogo reservou  as maiores emoções da partida. O Sousa começou pressionando. Logo aos cinco minutos, num cruzamento da direita, Pitbull chegou atrasado na cara de Magrão. O lance levantou a torcida do Marizão, que passou a pressionar ainda mais os visitantes.

A resposta do Sport foi imediata. Aos 10 minutos, Felipe Menezes recebeu lançamento na direita e chutou cruzado. Marcelo Silva fez a defesa parcial e a bola sobrou limpa para Roger, que driblou o goleiro e tocou para o gol. Leandro salvou em cima da linha e, no rebote, Roger novamente teve a chance de abrir o placar, mas mandou para fora.

sousa x sport

O susto, no entanto, não fez o Sousa diminuir o ritmo. E coube a Leandro, o mesmo que evitou o gol de Roger, fazer a torcida explodir aos 19 minutos. Ele aproveitou um cruzamento de Toty para marcar, de cabeça, o primeiro gol do jogo. Gol, aliás, que fazia justiça ao time que mais buscou o ataque até então: Sousa 1 x 0 Sport.

Na tentativa de mudar o panorama do jogo, o técnico Vadão tirou Felipe Menezes para a entrada de Moacir. Deu certo. O Sport subiu de produção e passou a rondar com perigo o gol do Sousa. Aos 34, Cicinho passou para Roger, que girou e chutou colocado. A bola foi na trave de Marcelo Silva.

O empate era uma questão de tempo. E ele veio aos 43 minutos, quando o Sousa já abusava da catimba. Roger, de muito longe, acertou o ângulo. Golaço.

O empate, de certa forma, foi o resultado mais justo. Tanto que as duas equipes pareciam satisfeitas em campo e pouco fizeram nos cinco minutos de acréscimo dados pelo juiz.

Redação com g1.