BESSA GRILL
Início » Esportes » A frieza e a paixão de Martín Silva, o “hombre” que lava as próprias luvas

A frieza e a paixão de Martín Silva, o “hombre” que lava as próprias luvas

23/03/2017 13:23

Os 45 primeiros minutos de Vasco x Palmeiras do dia 26 de julho de 2015 foram marcantes para Martín Silva. Uma chute de fora da área e duas saídas que terminaram em três gols palmeirenses levaram o técnico Celso Roth a substituir o goleiro ídolo dos vascaínos no intervalo da partida que terminaria 4 a 1 em São Januário.

Chateado, mas introspectivo como sempre, Martín esperou o fim do jogo e foi chamado por Roth para conversar. Ouviu sereno e calado, esperou a sua vez de falar e respondeu:

– Eu respeito sua decisão, mas não concordo com a maneira que saí – pontuou o goleiro ao técnico.

Com passagem em todas as categorias de base da seleção uruguaia – mas apenas oito jogos pela seleção principal, três deles oficiais -, o goleiro que faz a partida mais importante pela Celeste nesta noite contra o Brasil – às 20h, no histórico estádio Centenário, em Montevidéu – é assim. Poucas palavras, poucos sorrisos. Na intimidade com – os poucos – amigos, com a família, num churrasco na sua cobertura na praia do Pepê, na Barra, nas férias, é um Martín mais à vontade.

O apaixonado marido da Paola, pai de Rocío, Sofia e Pilar, as três filhas que encantam o reservado goleiro de 33 anos, era assim desde muito novo. Leva luvas para casa e ele mesmo faz a limpeza de seu material de trabalho. Um ex-companheiro de Vasco diz que Martín era autoridade e liderança no grupo sem precisar abrir a boca. Apenas no olhar já se faz entender.

– Era impressionante o respeito que ele provocava. Era raro, mas quando ele levantava o dedo para falar, todos silenciavam e olhavam para ele – confidenciou um funcionário do Vasco.- Tinha um grau de maturidade impressionante. Firme, super profissional. Era referência no grupo, não fazia barulho, mas era uma pessoa que falava no momento certo com o diretor, com o grupo de jogadores – conta Jorge Etcheverry.

www.reporteriedoferreira.com.br G1