BESSA GRILL
Início » Esportes » Foiani não resiste ao começo ruim no estadual e é demitido do Campinense

Foiani não resiste ao começo ruim no estadual e é demitido do Campinense

19/01/2017 21:47

Paulo Foiani não é mais técnico do Campinense. Após três jogos seguidos sem vitória, o treinador não resistiu ao início ruim no Campeonato Paraibano e foi demitido na manhã desta quinta-feira. Logo após a demissão, Foiani já falou como ex-treinador da Raposa, deixou claro que não pediu para sair, pediu desculpas pelo trabalho abaixo da expectativa e desejou sorte ao clube e ao seu substituto, que ainda não foi anunciado.

Os maus resultados nas quatro primeiras rodadas do estadual – dois empates, uma derrota e apenas uma vitória – e a incômoda sexta colocação na tabela de classificação contribuíram para a demissão de Foiani. O agora ex-técnico do Campinense foi taxativo ao mencionar a sua saída do clube.

– Não deixei o Campinense, não; me tiraram de lá – resumiu Foiani, sem, no entanto, dar detalhes sobre como se deu a sua demissão.

A diretoria também já confirmou oficialmente a demissão do treinador, mas não explicou os motivos, nem deu qualquer indício de qual vai ser o seu substituto. Só acrescentou que o auxiliar técnico Fernando Alves e o preparador físico Marcos Walczak também não fazem mais parte da comissão técnico rubro-negra.

De sua parte, Foiani fez questão de se desculpar por não ter atendido as expectativas depositadas em seu trabalho e desejou que o seu sucessor no cargo tenha mais sucesso que ele.

FOIANI NO CAMPINENSE
4 x 1 Serrano-PB (Amigão)
1 x 1 Sousa (Marizão)
0 x 2 Atlético-PB (Perpetão)
0 x 0 Auto Esporte (Amigão)

– Tenho que pedir desculpas por não ter feito o que queria fazer. E desejo boa sorte ao clube e ao próximo treinador que vier – finalizou.

Foiani chegou ao Campinense no fim de 2016 para comandar o time nas quatro competições deste ano: Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D do Brasileiro. Depois de comandar a Raposa em apenas quatro partidas oficiais, o treinador vai embora tendo somado 5 de 12 pontos possíveis, o que representa um aproveitamento de 41,66%.

Agora a diretoria rubro-negra trabalha para definir quem vai comandar o time já no Clássico dos Maiorais no próximo domingo, pela quinta rodada do Campeonato Paraibano.

www.reporteriedoferreira.com G1PB