BESSA GRILL
Início » Esportes » Fla sofre na altitude, perde para Bolívar e se complica na Libertadores1

Fla sofre na altitude, perde para Bolívar e se complica na Libertadores1

20/03/2014 00:05

flamengoViagem duas horas antes do jogo, cilindro de oxigênio no banco de reservas… A preocupação com a altitude de 3.600m de La Paz, na Bolívia, era tanta que o Flamengo esqueceu de um outro detalhe: o campo molhado virou o algoz da vez num histórico recente de decepções rubro-negras na Libertadores. Muralha escorregou uma vez, Samir três. Numa delas perdeu a bola e cometeu o pênalti que deu a vitória ao Bolívar por 1 a 0 na noite desta quarta-feira. Gol de Arce, ex-Corinthians. Resultado que mantém os 31 anos de invencibilidade dos bolivianos em casa pelo torneio e empurrou o Fla para a lanterna do Grupo 7.

Após os quatro pontos conquistados nos dois jogos com o Flamengo, o Bolívar foi a cinco e trocou o último lugar da chave pela segunda posição. De quebra, ainda empurrou os brasileiros para a lanterna, com quatro pontos. A liderança continua com os mexicanos do León, que nesta terça bateram em casa o Emelec, do Equador, por 3 a 0.

No Fla, ninguém precisou do cilindro de oxigênio. Mas se sobrou ar, faltou gás. O time foi mero espectador no primeiro tempo e só construiu jogadas na etapa final, a partir do momento da entrada de Paulinho. Só que os raros momentos de perigo pararam na noite inspirada do goleiro Quiñonez.

O próximo compromisso do Flamengo na Libertadores também será fora de casa: no dia 2 de abril, o time vai ao Equador encarar o Emelec. Antes, porém, cumpre tabela no estadual contra a Cabofriense, neste domingo no Maracanã, pela última rodada da Taça Guanabara. Já o Bolívar joga antes, no dia 27 de março, contra o León no México.