BESSA GRILL
Início » Esportes » Escândalo de doping no atletismo: medalhistas olímpicos são flagrados

Escândalo de doping no atletismo: medalhistas olímpicos são flagrados

Depois de Tyson Gay confirmar uso de substância proibida, Asafa Powell e outros quatro atletas jamaicanos são pegos a menos de um mês do Mundial

14/07/2013 23:15

Um escândalo de doping abalou o atletismo mundial neste domingo. Poucas horas depois de o americano Tyson Gay revelar ter sido flagrado por uso de substância proibida, a Comissão Antidoping da Jamaica confirmou que cinco atletas do país também tiveram resultados positivos em seus exames. Asafa Powell, ex-recordista mundial dos 100m e campeão olímpico em Pequim 2008 no revezamento 4x100m, e Sherone Simpson, campeã olímpica em 2004 no revezamento 4x100m e prata em Pequim 2008 nos 100m e em Londres 2012 no 4x100m, estão entre os envolvidos. Os outros três nomes não foram confirmados ainda. Os testes foram realizados durante a seletiva jamaicana para o Mundial de Moscou, que acontece em agosto. Todos teriam sido flagrados por causa da mesma substância: o estimulante oxilofrina.

A oxilofrina é uma substância estimulante usada para tratar estados de hipotensão, com ação semelhante às da efedrina. A substância promove a liberação da noradrenalina e atividade noradrenérgica. Sua principal atividade é o aumento da frequência cardíaca e tem reduzida capacidade de agir como um supressor de apetite e modulador de comportamento. A substância é terminantemente proibida pela Agência Mundial Antidoping (Wada).

Agente garante que Usain Bolt está limpo

Melhores marcas de 100m em 2013
1º Tyson Gay (EUA) 9s75
2º Tyson Gay (EUA) 9s79
3º Tyson Gay (EUA) 9s86
4º Nesta Carter (JAM) 9s87
5º Asafa Powell (JAM) 9s88
10º Usain Bolt (JAM) 9s94

Assim que surgiram os rumores sobre os nomes dos atletas jamaicanos envolvidos no escândalo de doping, o agente de Usain Bolt, Ricky Simms, fez questão de se adiantar aos fatos e garantir que seu cliente, recordista mundial nos 100m rasos e bicampeão olímpico, nos 100m e 200m rasos, não fazia parte dos atletas que caíram no doping. Bolt tem apenas o décimo melhor tempo do ano nos 100m (veja lista ao lado).

– Estava com ele na Jamaica e nós não tivemos nenhuma informação e nem fui contactado por ninguém. E ninguém também entrou em contato com ele – disse o agente ao jornal britânico The Telegraph.

A confirmação do doping de Tyson Gay aconteceu às 13h30m (horário de Brasília). Asafa Powell veio a público por volta das 15h20m (horário de Brasília) revelando que recebeu a notificação de um teste que deu positivo acusando-o pelo uso do estimulante oxilofrina. Por meio de uma carta divulgada nas redes sociais, o atleta jamaicano se defendeu alegando não saber como a substância proibida pela Wada (Agência Antidoping Mundial) entrou em seu corpo.

– Quero deixar claro para minha família, meus amigos e principalmente meus fãs em todo mundo que eu nunca faria uso de qualquer substância ou suplemento conscientemente e intencionalmente para quebrar as regras. Não sou nem nunca fui uma fraude – disse Powell.

Um dos principais nomes do atletismo mundial espera provar a inocência e não manchar a carreira. Ele é o atleta que mais vezes correu os 100m abaixo dos 10s – 88 vezes. Powell sofreu uma lesão durante os 100m das Olimpíadas de Londres, no ano passado. Desde então, o jamaicano se retirou das competições para se recuperar bem e só voltou às pistas na seletiva nacional para o Mundial, no fim de junho. Ele fez o quinto tempo do mundo no ano durante as eliminatórias, mas não repetiu o bom desempenho na final e perdeu a vaga em Moscou.

Atletismo Sherone Simpson (Foto: Getty Images)Sherone Simpson no revezamento defendendo
a Jamaica (Foto: Getty Images)

– Minha equipe abriu uma investigação interna e estamos cooperando com as agências e autoridades legais para descobrir como a substância entrou no meu corpo. Asseguro que vamos descobrir como ela passou por nosso rigoroso sistema interno e vamos desenvolver um método para que isso não aconteça novamente – completou o ex-recordista mundial.

As autoridades agiram rapidamente e detiveram um preparador físico de Asafa Powell. O treinador, que não teve o nome divulgado, estava vivendo com o velocista e fornecendo os suplementos que contribuíram para o resultado positivo adverso. Segundo o jornal jamaicano The Gleaner, evidências foram recolhidas na casa do técnico, na Itália.

Sherone Simpson, campeã olímpica em 2004 no revezamento 4x100m e prata em Pequim 2008 nos 100m e em Londres 2012 no 4x100m, também já admitiu que foi flagrada no antidoping.

– Este é um momento muito difícil para mim. Fui notificada no dia 14 de julho que a minha amostra de urina tomada no Campeonato Nacional, no dia 21 de junho deste ano, após as finais dos 100m rasos, retornou um resultado positivo para um estimulante (oxilofrina). Como atleta, eu sei que sou responsável por tudo e pelo meu corpo. Eu não usei intencionalmente. Nunca quis colocar nada ilegal no meu corpo – disse Simpson à agência Reuters.