BESSA GRILL
Início » Esportes » Em tarde inspirada de R. Augusto e Love, Corinthians se impõe e atropela Atlético-PR

Em tarde inspirada de R. Augusto e Love, Corinthians se impõe e atropela Atlético-PR

Vagner Love anotou dois gols e foi decisivo na vitória corintiana

18/10/2015 18:13

Uma exibição para se recordar. Diante de um dos estádios mais difíceis de se visitar no país, a Arena da Baixada, o Corinthians venceu com autoridade, autoridade de um time favorito ao título do Campeonato Brasileiro. O líder da Série A superou o Atlético Paranaense por 4 a 1, em uma tarde de domingo iluminada de Renato Augusto, e manteve o conforto na ponta da competição.

O quarto resultado positivo nos últimos cinco jogos deixa o Corinthians com 67 pontos, oito a mais do que o Atlético Mineiro, que tentará diminuir a vantagem ainda neste domingo – o time de Levir Culpi encara o Sport, na Ilha do Retiro. Pelos cálculos de Tite, restam 13 pontos para o time garantir o hexacampeonato sem menores problemas.

Enquanto o Corinthians cresce ainda mais na reta final do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense sofre. Antigo postulante ao G-4, o clube rubro-negro viu o jejum de vitórias aumentar para nove rodadas: com 39 pontos, a equipe da Arena da Baixada já se preocupa em brigar para não cair.

Além de enfrentar dificuldades, o Atlético-PR contou com o ‘azar’ de encarar o líder em uma tarde inspirada. O Corinthians realizou o primeiro tempo dos sonhos na Arena da Baixada. Com uma postura ousada, marcação adiantada e domínio do meio-campo, os comandados de Tite precisaram de 20 minutos para se sentirem completamente confortáveis na Baixada.

Logo aos 16min, Gil desviou escanteio para a segunda trave e encontrou Renato Augusto, que desviou de cabeça para o gol. Já aos 29min, o camisa 8, grande destaque da tarde em Curitiba, descolou belo passe para Vagner Love. O camisa 99 arrancou, invadiu a área e bateu firme para marcar um belo gol.

Antes do final da primeira etapa, o Corinthians praticamente decretou a vitória. Aos 45min, Elias roubou a bola no campo de ataque, avançou e tocou na saída de Weverton; Renato Augusto, bem colocado, completou para as redes, aumentou a diferença e frustrou ainda mais o público na Arena.

O único momento de alegria da torcida mandante ocorreu aos 10min do segundo tempo, quando Eduardo avançou pela direita e cruzou na medida para Bruno Mota desviar para o gol de Cássio. O ânimo, contudo, durou apenas sete minutos: Vagner Love, de cabeça, fechou a grande vitória corintiana na capital paranaense.

O melhor jogador do Brasileiro?

Renato Augusto atuou com a autoridade de um favorito ao prêmio de melhor jogador do Campeonato Brasileiro. Em uma tarde mais discreta do parceiro Jadson, outro sério candidato ao posto, o camisa 8 comandou a importante vitória corintiana na Arena da Baixada.

Diante do Atlético-PR, Renato Augusto anotou dois gols e ainda deu uma assistência para Vagner Love. Fora os números, a movimentação, os dribles e a presença quase que constante com a posse de bola tornaram o camisa 8 o principal destaque da tarde em Curitiba.

Love is in the air

Vagner Love fez as pazes com as redes. Depois de cinco rodadas de jejum, o camisa 99 anotou dois gols diante do Atlético Paranaense e entrou na briga pela artilharia corintiana no ano.

Com 11 gols na Série A e 12 na temporada, Love se igualou a Paolo Guerrero na vice-artilharia de 2015. O líder é Jadson, com 15.

Estreia na 31ª rodada

Restam apenas sete rodadas para o final do Campeonato Brasileiro, mas o Corinthians apresentou um novo nome para o torcedor na goleada desta tarde sobre o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada.

O centroavante Lincom, que herdou a camisa 9 deixada pelo flamenguista Paolo Guerrero, entrou aos 37min da etapa complementar e teve pela primeira vez o gosto de defender o clube do Parque São Jorge.

REENCONTRO COM O ÍDOLO

Embalado pela 20ª vitória no Campeonato Brasileiro, o Corinthians terá uma semana inteira para trabalhar. O próximo duelo está marcado para domingo, a partir das 17h (de Brasília), quando a equipe receberá o Flamengo, de Paolo Guerrero, ídolo (para alguns torcedores ex-ídolo).

O Atlético-PR tentará quebrar o jejum de nove jogos sem vitórias no sábado, a partir das 17h, data do jogo contra o Fluminense, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 1 X 4 CORINTHIANS

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 18 de outubro de 2015, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)
Cartões amarelos: Rodolfo (Atlético-PR); Felipe (Corinthians)

GOLS
Atlético-PR: Bruno Mota, aos dez minutos do segundo tempo
Corinthians: Renato Augusto, aos 16 minutos do primeiro tempo, Vagner Love, aos 28 minutos do primeiro tempo, Renato Augusto, aos 45 minutos do primeiro tempo, Vagner Love, aos 16 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Vilches, Kadu e Roberto; Deivid, Hernani (Bruno Pereirinha) e Bruno Mota (Douglas Coutinho); Marcos Guilherme, Walter e Ewandro (Daniel Hernández)
Técnico: Cristóvão Borges

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Felipe, Gil e Guilherme Arana; Ralf, Elias (Cristian), Jadson, Renato Augusto (Rodriguinho) e Malcom; Vagner Love (Lincom)
Técnico: Tite


www.reporteriedoferreira.com ESPN Brasil