BESSA GRILL
Início » Destaque » Douglas brilha, Vasco bate o Ceará e se iguala em pontos ao líder 2 x 0.

Douglas brilha, Vasco bate o Ceará e se iguala em pontos ao líder 2 x 0.

Com São Januário lotado, o Vasco partiu para cima desde os primeiros minutos contra um Ceará pronto para contragolpear. Os cearenses quase saíram na frente com uma trapalhada de Martin Silva, que espalmou cruzamento em cima de Douglas Costa em jogada que por pouco não resulta em gol contra.

16/08/2014 18:41

torcida-do-vasco-faz-a-festa-antes-do-jogo-contra-o-gremio-em-sao-januario-17082013-1376799685817_615x300Com uma bela atuação e um golaço de falta de Douglas, o Vasco bateu o Ceará, líder da Série B do Campeonato Brasileiro, por 2 a 0 na tarde deste sábado, pela 16ª rodada, em São Januário, e encostou no rival na tabela da competição nacional. O Cruzmaltino agora está na segunda colocação do torneio e enfrenta o Vila Nova fora de casa na próxima terça-feira. O Alvinegro cearense, por sua vez, recebe o ABC no mesmo dia.

Com a vitória, o Vasco está com o mesmo número de pontos do líder Ceará, mas com uma vitória a menos na competição. As duas equipes têm 31 pontos até aqui, mas o time nordestino tem 10 vitórias contra nove dos cariocas.

Fases do jogo: Com São Januário lotado, o Vasco partiu para cima desde os primeiros minutos contra um Ceará pronto para contragolpear. Os cearenses quase saíram na frente com uma trapalhada de Martin Silva, que espalmou cruzamento em cima de Douglas Costa em jogada que por pouco não resulta em gol contra.

Apesar do lance de perigo, o Vasco era bastante superior ao rival e logo teria um pênalti a seu favor, aos 17min, quando o árbitro da partida marcou toque de mão em bola que bateu no braço de Helder dentro da área após cruzamento de Guilherme Biteco. Na cobrança, porém, Douglas acertou a trave.

O pênalti perdido não desanimaria o Vasco. Tanto é que, três minutos depois, Marlon avançou pela esquerda, recebeu bom passe de Douglas e cruzou para o meio da área. O goleiro Luiz Carlos ainda espalmou para o centro da área, mas ela caiu no pé de Kléber, que mandou para o fundo da rede. Com a vantagem cruzmaltina no placar, o jogo se tornou truncado e sem maiores emoções até o intervalo.