BESSA GRILL
Início » Esportes » Cruzeiro-PB desiste da Copa Paraíba por falta de patrocínio e distância

Cruzeiro-PB desiste da Copa Paraíba por falta de patrocínio e distância

Time de Itaporanga não consegue investidores e ainda calcula prejuízo em ter que viajar para João Pessoa e Campina Grande para jogar a competição

24/07/2013 23:38

kiluz11
dsc_3990Sem conseguir os patrocínios necessários para poder participar da Copa Paraíba, o Cruzeiro de Itaporanga também está fora da competição que dá ao vencedor a vaga na Copa do Brasil do próximo ano. Segundo o presidente Nosman Barreiro a distância de Itaporanga para João Pessoa e Campina Grande e a falta de patrocínios foram os responsáveis que impossibilitaram a equipe de participar do campeonato. Além do Cruzeiro, Sousa e Atlético de Cajazeiras também desistiram de tentar participar.

– Infelizmente faltou comprometimento tanto do patrocinador que havia nos garantido um valor financeiro bom e no fim negou, como da prefeitura de Itaporanga, pois desde o começo do ano venho conversando com a sobre um pequeno auxílio. Ela (a Prefeitura) garante que vai ajudar sempre e depois dá para trás dificultando todo um planejamento.

Afirmando que já tinha uma equipe preparada para a competição, Nosman ratificou que a Copa Paraíba seria uma boa chance para arrecadar um dinheiro extra, mas que não tem como bancar com a competição sem um auxílio.

– A gente já estava com nomes para montar uma equipe muito boa e já tinha conversado com a maioria dos jogadores. Mas o Cruzeiro não tem como simplesmente tentar bancar todos os gastos provenientes de uma competição como a Copa Paraíba sozinho.

Com a desistência da Copa Paraíba, o calendário do Cruzeiro só vai começar no próximo ano. O presidente já confirmou que a equipe vai participar da 2ª divisão do Campeonato Paraibano de 2014.

Só dois times inscritos

Além do Cruzeiro de Itaporanga, outro time que desistiu de disputar a Copa Paraíba nesta quarta-feira foi o Sousa. Com isso, vai ficando difícil a competição sair do papel, uma vez que a FPF exige um mínimo de quatro clubes na disputa. Até agora, apenas CSP e Campinense confirmaram participação.