O Corinthians é mais um  brasileiro eliminado na fase de oitavas de final da Copa Libertadores da América. O Timão venceu o Colo-Colo em casa pelo placar de 2×1 na noite desta quarta-feira (29), mas acabou ficando de fora da próxima fase por conta da regra do gol fora de casa. Jadson e Roger marcaram os gols do Timão e Lucas Barrios fez o gol que classificou a equipe chilena. 

Ex-Grêmio e Palmeiras, Barrios fez o gol que eliminou o Corinthians da Libertadores
Divulgação

Ex-Grêmio e Palmeiras, Barrios fez o gol que eliminou o Corinthians da Libertadores

O jogo

Precisando da vitória para se manter vivo na competição, o Corinthians começou o jogo pressionando o Colo-Colo, principalmente em jogadas pelo lado esquerdo, com Romero e Danilo Avelar. Nas tentativas de contra ataque da equipe chilena, Ralf se mostrava preciso na marcação e no primeiro passe para iniciar as jogadas do Timão.

Aos 13 minutos, Valdiviu deu um chute na panturrilha do zagueiro Pedro Henrique, que precisou deixar o campo para a entrada de Léo Santos. Logo após a substituição, a equipe de Osmar Loss voltou ao campo de ataque e Baeza colocou a mão na bola e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Jadson bateu rasteiro, no canto direito e venceu o goleiro Orion para abrir o placar.

Cinco minutos após o primeiro gol, o camisa 10 do Timão quase fez o segundo em cobrança de falta da entrada da área, mas Orion conseguiu espalmar a bola.

O Corinthians dominava a partida e parecia perto do segundo gol, mas começou a diminuir o ritmo e a parar na forte marcação dos chilenos. Aos 31 minutos, Damián Pérez recebeu bola na esquerda e jogou para dentro da área. Lucas Barrios apareceu no meios dos dois zagueiros corintianos e testou para o fundo das redes de Cássio para complicar a vida do Timão.

Após um final de primeiro tempo apático, o Corinthians voltou a se impor na segunda etapa. Antes dois minutos, Henrique desviou de pé direito após cobrança de escanteio e Orion voltou a salvar o Colo-Colo.

Aos nove, Romero recebeu cruzamento na área, dominou e estufou as redes, mas foi flagrado em impedimento pela arbitragem. Aos 18 minutos, o Timão finalmente conseguiu desempatar a partida: Jadson bateu escanteio à meia altura e Roger desviou com estilo, de pé direito, para fazer o segundo gol corintiano.

A pressão seguiu e, aos 23, Romero testou firme por cima do gol após cruzamento da ponta direita. Aos 31, o paraguaio voltou a aparecer e novamente fez um gol em posição de impedimento, novamente bem marcado pelo juiz.

Usando suas últimas cartadas, Loss tirou Fagner e Pedrinho, ambos sentindo lesões, para promover as entradas de Mateus Vital e Emerson Sheik. Abusando dos cruzamentos para a área, o Timão tentava de todas as formas, mas esbarrava na retranca chilena.

Aos 45, Danilo Avelar disputou bola dentro da grande área ofensiva e acertou o defensor do Colo-Colo. O lateral corintiano acabou expulso de campo.

Valente e fazendo uma de suas melhores partidas no ano, o Corinthians  insistiu nos acrescímos, mas não conseguiu passar por Orion e pela defesa do Colo-Colo, que mostrou competência nas bolas aereas.

Por Agências