BESSA GRILL
Início » Esportes » Bernardo é acusado de agredir ex-namorada no Rio de Janeiro

Bernardo é acusado de agredir ex-namorada no Rio de Janeiro

9/06/2015 23:01

bernardoA suspensão por tempo indeterminado de Bernardo foi motivada também por outra polêmica do meio de campo do Vasco. Além de discutir e chamar torcedores para a briga nas redes sociais, o jogador foi acusado pela ex-namorada, Patricia Mello, de 27 anos, de agressão. O advogado de Patrícia relata que o caso ocorreu no dia 1º de junho, sendo registrado dois dias depois na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – DEAM, no Centro do Rio de Janeiro. Bernardo, que ainda será ouvido, foi enquadrado na Lei Maria da Penha.

O Vasco já sabia do caso nesta manhã de terça-feira quando decidiu pela suspensão do jogador, que ainda pode ter seu contrato rescindido pelo clube, após histórico de problemas criados pelo meia-atacante. Há no clube quem tema, inclusive, que Bernardo possa ser detido nas próximas horas. O advogado de Patrícia pediu, por medida de proteção à sua cliente, que Bernardo se mantenha afastado a 300 m da ex-namorada, o que, segundo a ex-namorada do jogador, foi descumprido no último dia 1º.

– Serão buscadas todas as medidas cíveis e penais cabíveis com relação aos fatos. Os crimes cometidos pelo jogador podem somar até quatro anos de pena privativa de liberdade – disse o advogado Carlos Gonçalves, que defende Patricia Mello, por meio de texto assinado pela assessoria de imprensa do escritório advocatício.

Segundo Gonçalves, Bernardo procurou Patricia após a separação e se destemperou com a conversa. Ela fez exame de corpo delito e apresentou hematomas no corpo, relatou o advogado.

– Houve agressões verbais e físicas, com lesão corporais leves, hematomas e ameaça de morte – disse Carlos Gonçalves.

Segundo o advogado, a delegacia ainda não notificou Bernardo. Caso o descumprimento da medida de proteção ocorra após a notificação, o jogador pode ser preso cautelarmente. O relacionamento entre Bernardo e Patricia durou três anos e terminou em maio, mesmo mês em que vazaram vídeos íntimos do jogador com a então namorada na internet. O meia registrou ocorrência na ocasião. O caso do vídeo está na 37ª delegacia.

Nesta terça-feira pela manhã, o Vasco informou que afastou o jogador da viagem a Mangaratiba-RJ e suspendeu o contrato do meia por tempo indeterminado. A diretoria não explicou o motivo para tal decisão. Na segunda, em uma rede social, Bernardo discutiu e chamou torcedores para uma briga.