BESSA GRILL
Início » Destaque » Alô, Corinthians! Campeões antecipados sofreram para garantir título de primeira

Alô, Corinthians! Campeões antecipados sofreram para garantir título de primeira

Corinthians depende do Atlético-MG para ser campeão neste final de semana, mas desde 2003, ninguém conseguiu garantir título quando precisavam de outro resultado na rodada

7/11/2015 08:09
Tite analisa dados durante treino do Corinthians. Será que o título vem neste final de semana?
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Tite analisa dados durante treino do Corinthians. Será que o título vem neste final de semana?

O Corinthians tem todas as condições de conquistar antecipadamente o título do Brasileirão de 2015, mas neste final de semana ainda não depende só dele para celebrar o hexa. Não é a primeira vez que um time chega a uma rodada de reta final dependendo de um rival para celebrar. O Corinthians só será campeão agora se vencer o Coritiba neste sábado e o Atlético-MG não passar pelo Figueirense no domingo.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O site Futdados fez um levantamento sobre outros casos em que um time pôde ser campeão antecipado desde 2003, ano do primeiro Brasileirão por pontos corridos. E sempre que o favorito não conseguiu confirmar o titulo na primeira chance de ser campeão foi porque o rival ao título não “deu mole” naquela rodada.

Em 2003, o Cruzeiro chegou à 43ª rodada (foram 46) com chance de título, mas precisava vencer o Paraná e o Santos, seu rival, perder para o Fluminense. Os dois venceram. O título veio apenas na rodada seguinte com vitória sobre o Paysandu no Mineirão.

Alex comandou o Cruzeiro de 2003, que precisou esperar uma rodada para ser campeão
Arquivo iG

Alex comandou o Cruzeiro de 2003, que precisou esperar uma rodada para ser campeão

Em 2006 e 2007 o São Paulo também não conseguiu ser campeão logo na primeira chance que teve. Em 2006 chegou à rodada 35 precisando vencer o Goiás e torcendo contra o Internacional que enfrentava o Fortaleza. Os dois venceram seus jogos. Assim como em 2007, quando na 33ª precisava vencer o Sport e o Santos perder para o Goiás. O rival paulista também venceu seu jogo.

Em 2013, o Cruzeiro foi outro caso de campeão que precisou esperar mais um pouco para comemorar. Chegou à 33ª rodada precisando vencer o Grêmio e torcendo contra o Atlético-PR contra o São Paulo. Ambos venceram.

No seu último título brasileiro, o Corinthians também pôde comemorar antes da rodada final, mas o Vasco não deixou. O time de Tite venceu o Figueirense em Florianópolis, mas o Vasco, vice-líder em 2011, bateu o Fluminense e levou a decisão para a última rodada.

Liedson comemora o gol que poderia ter sido o do título do Corinthians em 2011. Ficou para a última rodada
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Liedson comemora o gol que poderia ter sido o do título do Corinthians em 2011. Ficou para a última rodada

Outro caso de possível título na penúltima rodada também foi atrapalhado por rival do líder. Em 2010, rivais, no plural. O Fluminense chegou à rodada 37 precisando vencer o Palmeiras em Barueri, mas dependendo de tropeços de Corinthians e Cruzeiro contra Vasco e Flamengo, respectivamente. Não deu. Todos venceram.

Em 2008 o São Paulo chegou à penúltima rodada dependendo de uma vitória sua para ser campeão, mas empatou com o Fluminense e só comemorou o título ao vencer o Goiás na rodada 38.

O maior drama de um líder que poderia comemorar um título antecipado, mas que no fim acabou nem ficando com a taça aconteceu em 2004. O Atlético-PR chegou à penúltima rodada com 85 pontos contra 83 do Santos. Acabou perdendo para o Vasco, viu o Santos superar o São Caetano e na última rodada o time paulista precisou apenas de uma vitória contra o Vasco para ser campeão.

Fred é carregado após a conquista do título brasileiro diante do Palmeiras em Presidente Prudente
Photocamera

Fred é carregado após a conquista do título brasileiro diante do Palmeiras em Presidente Prudente

Apenas duas vezes o líder do campeonato que poderia ser campeão de forma antecipado confirmou o favoritismo logo na primeira chance que teve. Mas em ambas ele dependia apenas das suas forças. Em 2012 o Fluminense chegou à 35ª rodada com chances de abrir 10 pontos para o vice-líder Grêmio e conseguiu. Venceu o Palmeiras fora de casa. Em2014 o Cruzeiro teve a chance contra o Goiás no Mineirão na 36ª, venceu, e abriu sete pontos para o São Paulo com dois jogos pela frente.

Se Corinthians e Atlético-MG ganharem dos seus rivais que lutam contra o rebaixamento neste final de semana, o campeão brasileiro de 2015 vai ser conhecido com alguns dias de atraso. E pelo histórico, esta é a tendência.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig