BESSA GRILL
Início » Entretenimento » Sexo sem neuras: há riscos em se masturbar a dois?

Sexo sem neuras: há riscos em se masturbar a dois?

8/12/2012 10:28

 

Thinkstock Photos

Sexo sem neuras

A Gisela* está angustiada com a seguinte questão sobre masturbação a dois e a espera da primeira transa: “Ainda não tenho relações sexuais com meu namorado, pois estamos esperando chegar o momento certo para isso. Mas acontece que temos nos tocado bastante com os dedos pelo corpo todo e na região da vagina, até quando eu estou no período de menstruação. Gostaria de saber se tem algum risco, ou alguma doença que pode nos infectar, até mesmo a aids”. Vamos lá:

LEIA TAMBÉM – Existe risco de gravidez no intervalo da pílula?
Orgasmo, menstruação e a vergonha de ir ao ginecologista

Thinkstock Photos

Sexo sem neuras

Os toques na vagina – A masturbação a dois é a única prática sexual que dispensa o uso da camisinha. Já o sexo oral, o sexo anal e a penetração vaginal exigem que a gente use preservativo toda vez. Ou seja, os toques com os dedos pelo corpo todo, inclusive na vagina, não oferecem risco de transmissão de doenças. A gente precisa apenas ter cuidados bacanas de higiene, como lavar as mãos antes e depois desses contatos sexuais.

Durante a menstruação – A gente sabe que doenças sexualmente transmissíveis podem ser contraídas pelo contato (sexual ou não) com o sangue contaminado, certo? Então, em tempos de doenças sexualmente transmissíveis e de aids, a dica é evitar o contato com a menstruação. Fazer o quê para viver o prazer nesse período? Outras práticas e carícias que evitem esse contato com o sangue menstrual. Que tal deixar a imaginação fluir nesta hora?

A espera do momento certo – Muito bacana essa consciência de vocês de esperar o momento em que se sintam mais preparados e amadurecidos para viver práticas sexuais mais intensas como a penetração vaginal. Essa primeira transa é, sim, um marco na vida de qualquer pessoa. Preparem-se para ela também: 1) escolhendo um método para evitar a gravidez com o médico ginecologista e 2) aprendendo a usar camisinha, o que é possível fazer durante a masturbação. Tudo isso faz parte de um jeito bastante maduro e responsável de viver a iniciação sexual.

CONTINUE LENDO – Sexo casual pode ser um distúrbio?
Sexo sem neuras: não sinto vontade de transar com o meu namorado