BESSA GRILL
Início » Entretenimento » Após entrevista de Pádua na Record, Globo oferece apoio a Gloria Perez

Após entrevista de Pádua na Record, Globo oferece apoio a Gloria Perez

13/12/2012 12:00

A rede Globo se mostrou bastante solidária no que diz respeito ao bem-estar de seus funcionários. No domingo, assim que a Record exibiu no “Domingo Espetacular” uma entrevista de mais de 40 minutos com Guilherme Pádua, assassino de Daniella Perez, a direção da Globo ligou para Glória Perez, mãe da vítima e atriz, para dar suporte.

Segundo a coluna “Outro Canal”, assinada por Keila Jimenez, publicada na “Folha de S. Paulo” desta quarta-feira (12), mesmo depois de 20 anos do acontecimento do crime, a emissora se preocupou com o impacto emocional que a retomada do assunto poderia causar na autora.

Depois de reviver o trauma por meio da entrevista, Glória comentou o caso em seu Twitter: “Quem quiser saber porque esse miche vagabundo foi condenado, aqui está o processo: gloriafperez.net”. Mas, logo em seguida, o link postado foi tirado do ar.

O crime aconteceu em 1992, quando Guilherme Pádua, que tinha 23 anos, e sua mulher Paula Thomas, que tinha 19 anos, se envolveram em uma discussão com Daniella e deram 18 golpes com uma tesoura, matando a atriz. O motivo do assassinato não foi esclarecido até hoje. Guilherme fazia par romântico com Daniella na novela “De Corpo e Alma”.

O casal de assassinos foi julgado e condenado a 18 anos de prisão. Mas, após seis anos de reclusão, eles receberam liberdade condicional e estão soltos até hoje. Paula sumiu da mídia, trocou de nome e casou-se novamente. Já Guilherme reaparece, às vezes, na mídia. Em 2010, ele concedeu uma entrevista sobre o caso no “Programa do Ratinho” e aproveitou a ocasião para pedir perdão à Glória Perez. A atual autora de “Salve Jorge” ficou revoltada com a entrevista e criticou a postura do apresentador em ter dado espaço à Pádua no programa.

 

 

 

do Yahoo