BESSA GRILL
Início » Destaque » Telescópio captura momento dramático de nascimento de estrela

Telescópio captura momento dramático de nascimento de estrela

O Alma, que fica no deserto do Atacama, fotografou massa de poeira e gás em torno de estrela recém-nascida

21/08/2013 01:48

 

ESO/ALMA (ESO/NAOJ/NRAO)/H. Arce, Bo Reipurth

O material ejetado da estrela (em laranja e verde e em rosa e azul) é composto por poeira e gás e é expelido em velocidades altíssimas

O Telescópio Alma capturou uma imagem em close-up de uma estrela brilhante recém-nascida, expelindo gás e poeira

As imagens impressionantes mostram o material sendo ejetado da estrela a velocidades altíssimas, brilhando enquanto se funde às nuvens de gás e poeira dos arredores. Os astrônomos dizem que os jatos iluminados são os mais rápidos já registrados e geram mais energia do que se imaginava anteriormente.

A massa brilhante é chamada de objeto Herbig-Haro, ganhou o nome de HH 46/47 e fica a 1400 anos-luz de distância, na Constelação de Vela.

O Alma tem 66 antenas que exploram o Universo mediante as ondas radiais emitidas pelas galáxias, estrelas e outros corpos celestes, não captadas pelos telescópios ópticos e infra-vermelhos que percebem a luz visível. O instrumento está situado na planície Chajnantor, no deserto do Atacama, a 5.000 metros de altitude.

O radiotelescópio é o primeiro projeto astronômico do qual participam Europa, Estados Unidos e Japão, em colaboração com o Chile.
Veja outras imagens do espaço:

Imagem, obtida com o Very Large Telescope do ESO, mostra a galáxia NGC 1187. Foto: ESO
1/42

(Com informações da AP)

Do IG