Com o enredo “Convivium – sente-se à mesa e saboreie”, a escola que encerrou o carnaval paulista de 2017 explorou o convívio de pessoas à mesa

A sétima e última escola, responsável por fechar a segunda noite de desfiles de 2017 do carnaval de São Paulo optou por um enredo completamente diferente de tudo que foi visto até agora: o convívio à mesa. Abordando desde as refeições feitas com a família e os amigos até os banquetes que marcaram gerações, a agremiação da Rosas de Ouro encerrou o carnaval paulistano com “Convivium – sente-se à mesa e saboreie”, composto por Aquiles da Vila, Guiga Oliveira, Fabiano Sorriso, JC Castilho, Marcus Boldrini, Salgado Luz, Rapha SP e Vaguinho.

O chef Henrique Fogaça e seu filho vieram em uma alegoria com chefs representados com síndrome de Down
Renato Cipriano/Divulgação

O chef Henrique Fogaça e seu filho vieram em uma alegoria com chefs representados com síndrome de Down

O desfile que encerrou o carnaval paulista de 2017, assinado pelo carnavalesco André Machado, usou como fio condutor da apresentação o convívio das pessoas quando estão à mesa. Ainda que o tema se aproxime de gastronomia, já escolhido uma vez pela escola em outro carnaval, dessa vez a Rosas de Ouro não falou de comida, só das reuniões que ficam marcadas em volta de tantas mesas que propiciam bons momentos em meio as refeições.

Acompanhe o samba

“Convivium – sente-se à mesa e saboreie”

O tempo vem nos ensinar

Que a vida é pra celebrar

Viver em união e harmonia

Ser é a razão de existir, amar é um dom

Um fruto a colher, ver a natureza sorrir

Desfrutar da amizade

Momento de grande prazer

Essencial pra se conviver

Aráayé a je nbo

Olubajé a je nbo

E uma porção de fé

Não importa a religião

Salve Cosme e Damião

Lindas crianças a comemorar

Eterna lembrança, uma vela assoprar

No calor do braseiro a doce ilusão

Acende a fogueira do meu coração

Um brilho no olhar, sagrada aliança

O sino a tocar, traduz a esperança

E semear o nosso pão de cada dia

Com uma pitada de amor

Para a miséria acabar

Somos irmãos em comunhão

Vem saborear, vamos brindar

Um novo dia

A Roseira põe a mesa pra você

Eu quero ver, um banquete de alegria

Ficha técnica

A escola de samba Sociedade Rosas de Ouro foi criada no dia 18 de outubro de 1971. No carnaval de 2016, a agremiação ficou somente dois lugares atrás da campeã ocupando o 3º lugar na lista divulgada depois da apuração. Neste ano, o enredo “Convivium – sente-se à mesa e saboreie” foi o escolhido para animar os foliões da plateia e da avenida do sambódromo do Anhembi que viram o desfile assinado por André Machado, carnavalesco da escola. O samba, comandado pelo Mestre Rafa, ainda teve à frente da bateria a gata Ellen Rocche como rainha  e foi cantado por Royce do Cavaco.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig