Time japonês saiu atrás e chegou a virar a partida em 2 a 1, mas o Real Madrid definiu o placar em 4 a 2 logo no primeiro tempo da prorrogação

O Real Madrid venceu o Kashima Antlers e faturou o pentacampeonato neste domingo (18) no Mundial de Clubes da Fifa. Depois em um empate no tempo regulamentar por 2 a 2, o time espanhol marcou mais dois gols com Cristiano Ronaldo e liquidou a partida com 4 a 2.

Real Madrid comemora título do Mundial de Clubes
Reprodução/Twitter

Real Madrid comemora título do Mundial de Clubes

Enquanto o time do Japão disputava a primeira final do Mundial de Clubes, o Real comemorou a quinta taça na competição.  A equipe espanhola já havia sido campeã em 1960, 1998, 2002 e 2014 e agora, é a mais vencedora no torneio.

O jogo

Depois de dimuniur o ritmo e ver o Kashima empatar e virar a partida, o Real Madrid acordou em campo. No segundo tempo, Cristiano Ronaldo passou a parecer mais em campo, virou destaque e definiu o jogo na prorrogação. Veja os detalhes:

Primeiro tempo

O Real Madrid parecia que iria confirmar o favoritismo e resolver logo a partida. Aos 8 minutos do primeiro tempo, o time espanhol abriu o placar com Benzema. O ataque começou com Modric, que chutou forte. Goleiro Sogahta rebateu e a bola sobrou nos pés do francês, que chutou para o fundo da rede.

Benzema abriu o placar da final do Mundial de Clubes aos 8 minutos de jogo
Reprodução/Twitter

Benzema abriu o placar da final do Mundial de Clubes aos 8 minutos de jogo

No lance seguinte, o Kashima tentou uma resposta, com chute forte pelo meio de Ogasawara.

Ao longo do primeiro tempo, o Real Madrid pressionou e perdeu algumas chances boas de gol. Aos poucos, o time comandado por Zidane diminuiu o ritmo e os japoneses seguiram tentando se segurar.

Já no final da etapa, reação do Kashima. Aos 43 minutos, depois de um bate rebate na área e um erro de Varane, que tentou limpar a jogada mas não afastou o perigo, bola sobrou para Shibasaki, que bateu firme e empatou.

O Real ainda tentou armar mais um ataque, mas o árbitro não quis saber de jogo e encerrou  primeiro tempo poucos segundos depois dos 45 minutos.

Outro nível

O segundo tempo começou movimentado. Aos 7 minutos, Shibasaki marcou o segundo do Kashima. Sergio Ramos limpou errado e a bola sobrou para o japonês, que ainda tirou Carvajal da jogada e chutou bem no canto do goleiro madrilenho.

O ritmo seguiu forte e, pouco depois, foi marcado um pênalti para o Real Madrid, aos 14 minutos. Shibasaki deu um puxão em Lucas Vàsquez na pequena área. Cristiano Ronaldo, que estava apagado em campo, marcou e deixou tudo igual: 2 a 2.

O susto com gol japonês na segunda etapa acordou a equipe da Espanha, que passou a pressionar e perdeu algumas boas chances logo na sequência. O português CR7 também apareceu mais na partida, armando jogadas e chegando ao gol. Aos 27 minutos, ele chegou perto do gol, mas foi marcado o impedimento. Em seguida, ficou cara a cara com o goleiro do Kashima e colocou pressão na partida.

Já no finalzinho, foi a fez do Kashima crescer e levar muito perigo à área espanhola. Fabricio chutou de longe e Navas teve de fazer uma boa defesa. Em seguida, foi a vez de Kanasaki arriscar e, de novo, o goleiro do Real Madrid teve de trabalhar. O Kashima ainda ficou com o escanteio, mas Varane consegiu afastar o perigo.

Nos acréscimos, a equipe japonesa quase definiu o jogo. Endo recebeu, mas acabou chutando para fora.

Gols de Cristiano Ronaldo

No primeiro tempo da prorrogação, Cristiano Ronaldo foi o nome do Real Madrid. Aos 8 minutos, ele colocou o time espanhol mais uma vez na frente, marcando o terceiro gol com um chute rasteiro, depois de um passe de Benzema.

O Kashima ainda colocou uma bola na trave, mas Cristiano Ronaldo marcou mais um pouco depois. Aos 13 minutos, o português cortou a bola depois de erro do companheiro Kroos e mandou para o gol: 4 a 2 para o Real Madrid.

Cristiano Ronaldo marcou três gols para o Real Madrid na final do Mundial de Clubes
Reprodução/Twitter

Cristiano Ronaldo marcou três gols para o Real Madrid na final do Mundial de Clubes

Terceiro lugar

Neste domingo também foi definido o dono do terceiro lugar no Mundial de Clubes da Fifa. Considerado favorito, o Atlético Nacional, de Medelín, chegou a abrir 2 a 0, mas sofreu o empate do América do México. Depois, nos pênaltis, os colombianos se saíram melhor e venceram a partida no Japão.

www.reporteriedoferreira.com Por Ig