BESSA GRILL
Início » Destaque » Queda de avião mata 8 em Minas Gerais

Queda de avião mata 8 em Minas Gerais

A caixa preta já foi encontrada

29/07/2012 02:35

A queda de um avião bimotor causou a morte de oito pessoas, na manhã deste sábado, em Juiz de Fora (MG). Segundo a Polícia Militar, a caixa-preta já foi localizada, o que deve auxiliar nas investigações sobre as causas do acidente.

Não houve sobreviventes. Entre os passageiros estavam os executivos e funcionários da empresa Vilma Alimentos, de Contagem. Eles participariam de uma convenção da Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) na cidade.

O avião, um bimotor modelo B-200 GT com prefixo PR-DOC, que pertencia à empresa, decolou do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, com destino a cidade de Juiz de Fora.

Por volta das 8h, o piloto perdeu o controle da aeronave ao fazer os procedimentos de pouso. Segundo o capitão da Polícia Militar de Minas Rubens Valério, o avião bateu em um quiosque da Pousada Aconchego e caiu próximo à rua Decio Guanabarino, numa região de mata fechada, onde explodiu.

Segundo informação repassada pela empresa Vilma Alimentos, as vítimas são o presidente do grupo, Domingos Costa; seu filho caçula –identificado como Gabriel, menor de idade–; o vice-presidente, Cézar Tavares; a gerente de recursos humanos, Adriana Vilela; e outros dois funcionários identificados como Tiago e Lídia; além do piloto, identificado como Jair, e do copiloto, Rodrigo Silva.

A empresa Vilma Alimentos, fundada em 1925, é uma das maiores empresas de indústrias alimentícias do Brasil, com sede em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo o site da empresa, Costa estava havia 36 anos à frente da Vilma Alimentos e era neto do fundador do grupo, um imigrante italiano.

 

da Folha

foto Folha