BESSA GRILL
Início » Destaque » Promotor alerta sobre suposta ameaça da máfia ao Papa Francisco

Promotor alerta sobre suposta ameaça da máfia ao Papa Francisco

16/11/2013 00:11

papa

O Papa Francisco poderia estar risco de ser atacado pela máfia organizada ‘Ndrangheta, de acordo com um promotor que já foi alvo da máfia, informou o jornal “The Washington Post”.

Nicola Gratteri, de 55 anos, promotor na região da Calábria, onde a ‘Ndrangheta é mais ativa, disse que os esforços do papa em reformar a Igreja Católica estão deixando a máfia “muito nervosa”.

A organização é considerada por especialistas como a mais perigosa, unida e mais difícil de se infiltrar no país.

Papa Francisco aperta a mão do presidente italiano, Giorgio Napolitano, na sede do palácio presidencial nesta quinta-feira (14) (Foto: Vincenzo Pinto/ AFP)

“Não posso dizer se a organização está em posição de fazer algo, mas eles são perigosos e vale a pena refletir”, alertou o promotor. “Se os chefões puderem achar um jeito de parar o Papa, eles vão considerar seriamente.”

“Aqueles que até agora lucraram com a influência e a riqueza da igreja estão ficando nervosos. Por muitos anos, a máfia lavou dinheiro e fez investimentos com a cumplicidade da igreja. Mas agora o Papa está desmantelando os centros de poder econômico no Vaticano, e isso é perigoso.”

Gratteri acrescentou que no sul da Itália os integrantes do crime organizado têm fortes relações com os líderes das igrejas locais, o que ajuda a dar legitimidade aos criminosos. Ele também disse que a maior parte dos mafiosos italianos são católicos praticantes, apesar de suas atividades violentas.

“Um atirador da ‘Ndrangheta vai rezar e beijar seu rosário antes de atirar em alguém”, disse o promotor, que vive sob proteção policial desde a década de 1980. Ele foi nomeado pelo premiê Enrico Letta para liderar um comitê especial destinado a reduzir a influência do crime organizado.

O Papa Francisco já se expressou fortemente contra o crime organizado no passado.