BESSA GRILL
Início » Destaque » Jovens chegam de todas as partes do mundo e lotam Copacabana antes da JMJ

Jovens chegam de todas as partes do mundo e lotam Copacabana antes da JMJ

21/07/2013 18:24

 

JMJ JMJ 02Rio de Janeiro – Quem saiu de casa neste domingo (21) e foi ao centro e à zona sul da cidade do Rio se deparou com milhares de turistas, de diversas nacionalidades, que chegam para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). O evento, que começa na terça-feira (23), é maior encontro de jovens católicos do mundo e terá a presença do papa Francisco, que desembarca no Brasil amanhã (22).

Ver Francisco, que fará sua primeira viagem internacional desde que assumiu o papado, é a principal expectativa de todos os peregrinos que chegam de ônibus e avião. Muitos ficarão na capital fluminense até o fim desta semana. A previsão da prefeitura é receber 800 mil turistas. A maior parte deles é da Argentina. Além da proximidade com o Brasil, o fato de o papa ser argentino motiva a vinda de peregrinos do país vizinho.

Para realizar o desejo de ver o pontífice, o portenho Juan Salas, 15 anos desembarcou quarta-feira (17) em terras cariocas. Ele brinca com o ‘ciúme’ de brasileiros pelo fato de o papa ser argentino e vê com grande ansiedade a possibilidade de compartilhar sua fé com jovens de tantos países, de culturas tão diferentes. ‘Para mim, é uma grande honra ser argentino como o papa’, diz.

A mais animada de um grupo de norte-americanos do Texas, Jessica Mendez, de 16 anos, que nasceu em El Salvador e atualmente mora nos Estados Unidos, traduz a importância do momento: ‘Estou muito animada para dividir minha fé com a juventude de todo o mundo e também para ver o papa em sua primeira aparição para os jovens. Sinto que serei parte da história’, declara.

Jessica veio o Brasil com mais 12 jovens peregrinos da Igreja Católica St. Elizabeth e encarou uma viagem de quase um dia, junto com seus monitores, dois adultos. Todos querem ver o papa e, nas horas vagas, aproveitar a cidade. ‘Vamos à praia, com certeza, talvez, ao Cristo [Redentor]’, conta, antes de correr para aproveitar a tarde na Praia de Copacabana, na zona sul.

Do Brasil, grupos de vários estados também se cruzam na orla de Copacabana, que já está pronta para receber eventos da jornada. Lá, o maranhense Enilson Riberio, de 22 anos, diz que não vai perder a Via Sacra, na sexta-feira (26). ‘Espero sentir o calor do povo, trocar experiência com católicos de diversas ordens e pastorais, o que fortalecerá nossa fé e atuação’, revela.

Atuando na Pastoral da Juventude, Ribeiro diz que tem energia para participar de todos os eventos sem perder o fôlego para encarar os 13 quilômetros de caminhada para ver o papa em Guaratiba, no Campo da Fé (Campus Fidei), onde será realizada a missa final, no próximo domingo (28).

Edição: Juliana Andrade

Todo conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir a matéria, é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Agência Brasil

Fotos-Internet